É o artista de rua mais falado do momento. Ninguém sabe quem ele é, mas a especulação é grande. Já deu (poucas) entrevistas, há quem acredite que se chama Robert, chegou a estar nomeado para um Óscar em 2010 e as suas obras de arte são conhecidas em todo o mundo.

Mas a identidade secreta de Banksy pode estar em risco de ser revelada. De acordo com o jornal britânico “The Independent“, foi descoberta uma entrevista nos arquivos da ITV London a um homem que afirma ser o artista plástico. O vídeo foi gravado antes da abertura da exposição “Turf War”,em 2003.

De Paris Hilton com cabeça de chihuahua, às partidas em vários museus. 29 factos, alguns desconcertantes, sobre Banksy

Nesse vídeo, divulgado pela mesma publicação, é possível ver um homem de cara tapada e de chapéu na cabeça — a única coisa que se vê são mesmo os olhos. Na altura, este indivíduo foi visto a pintar duas obras que estão atribuídas a Banksy.

“Estou disfarçado porque não posso ser um artista de grafiti e depois surgir publicamente. São duas coisas que não combinam”, afirmou o alegado Banksy.

Quando o jornalista da ITV, Haig Gordon, perguntou ao homem se se importava que os seus dados fossem divulgados à polícia, a resposta surgiu após aquilo que pareceu ser um riso descontraído: “Não. Que dados é que tem sobre mim?”

Banksy pôs Lisboa e outras cidades do mundo na lista negra

Robert Murphy, o jornalista que encontrou esta entrevista nos arquivos da estação britânica, afirma que “é impossível saber se aquele é o verdadeiro Banksy”. No entanto, acrescenta ainda que o vídeo mostra alguém que se afirma como sendo o artista, a pintar numa exposição oficial do artista. Aliás, é possível ver alguns animais pintados atrás do entrevistado, algo que já se tinha tornado numa imagem de marca do artista.

Já o repórter responsável pela entrevista indica que também não tem a certeza se é o verdadeiro Banksy, mas que todo aquele ambiente lhe parecia real. “Parecia um evento organizado. O assessor de imprensa parecia um assessor normal que não estava a pregar uma partida aos media”, revelou, citado pelo “The Independet”.

Até agora não há nenhuma confirmação de que se tratava do verdadeiro Banksy. De acordo com o mesmo jornal, a equipa por detrás do artista já respondeu a estas alegações: “Sem comentários. Recebemos muitas coisas destas”.