Ex-concorrente de “Love on Top” é pedida em casamento na passadeira vermelha em Cannes

O momento foi registado pelos paparazzi e a história desta portuguesa e do empresário checo correu a imprensa internacional.

Os noivos têm uma diferença de idade de 40 anos

O festival de Cannes é um dos momentos altos do ano no que diz respeito a cinema. É lá que são apresentados pela primeira vez alguns dos filmes e documentários mais esperados, muitos deles possíveis vencedores nas cerimónias de prémios de 2020. Esta edição a atenção está virada para o filme “Era Uma Vez em… Hollywood”, com Leonardo DiCaprio e Brad Pitt, que recebeu uma ovação em pé de sete minutos.

Mas fora das salas de cinema também existe magia. É na passadeira vermelha que as celebridades desfilam com os vestidos mais exuberantes. Kendall Jenner, Eva Longoria ou Adriana Lima foram apenas algumas das famosas que marcaram presença no festival. Mas houve um par de desconhecidos que gerou particularmente interesse.

Falamos de um pedido de casamento em plena passadeira vermelha de Cannes, na passada quinta-feira, 23 de maio, que correu o mundo. Dos britânicos “Daily Mail” e “The Sun” à agência noticiosa francesa (AFP), passando ainda por publicações italianas o gesto foi partilhado um pouco por toda a parte.

Os dois intervenientes estavam a minutos do visionamento do filme “Mektoub, My Love: Intermezzo” quando o homem se ajoelhou. Os paparazzi registaram o momento e pode supor-se que a mulher terá dito que sim dado o sorriso rasgado com que ficou e o beijo apaixonado que deu ao seu agora noivo.

Sabe-se agora que a mulher pedida em casamento é a ex-concorrente do programa “Love On Top”, da TVI, Margarida Aranha. A participante entrou no programa no ano passado na 9.ª edição do programa. O seu noivo chama-se Milos Kant, é um empresário checo e os dois têm 40 anos de diferença – mas isso pouco parece importar. A portuguesa já se mudou para a Suíça para estar mais próxima de Kant e já terá começado a trabalhar na discoteca o noivo, Princesse Club.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]