Desde o final de agosto que Ângelo Rodrigues se encontra internado no hospital Garcia da Orta, em Almada. A hospitalização do ator de 32 anos deveu-se a uma grave infeção, alegadamente causada por uma injeção de testosterona.

O ator esteve em risco de vida devido a um choque sético e o cenário de amputação da perna esquerda, onde estava a infeção, foi discutido pelos médicos. Depois de um coma induzido, várias cirurgias e tratamentos em câmaras hiperbáricas, a agente do ator confirmou à MAGG que a recuperação estava a correr bem.

“Ele já se levanta e a recuperação está a correr super bem e a ser bastante rápida”, explicou no final de setembro.

Ângelo Rodrigues. “Se ele sobreviver, não vai gostar do que vai ver quando se olhar ao espelho”

Agora, a “VIP” noticia que Ângelo Rodrigues poderá deixar o hospital ainda este mês. “Ele está bem e vai ter alta brevemente. Vai sair dentro de 10, 15 dias”, explicou uma fonte à revista.

O hospital, a família e a agência do ator ainda não confirmaram a notícia. Aliás, nos últimos dias pouco se sabe do estado de saúde de Ângelo Rodrigues por parte de fontes oficiais, que têm preferido remeter-se ao silêncio.