Chateado com o frio? 15 fotos que mostram uma Europa a 40 graus

O Papa Francisco também teve dificuldade em lidar com o calor esta quarta-feira, 26 de junho.

No Vaticano não houve água fresca, mas nem isso impediu os fiéis de se juntarem na Praça de São Pedro para a audiência pública semanal

AFP/Getty Images

Foi mais uma manhã fajuta, com direito a um céu cinzento, um sol tímido, um bocadinho de frio e umas pingas de chuva. Portugal escapou à massa de ar quente vinda do deserto do Saara, que tem deixado muitos países da Europa com temperaturas acima dos 40 graus. Sem perdermos muito tempo com o lado mais técnico da meteorologia, tornámo-nos numa exceção devido à depressão estacionada no Atlântico.

As coisas vão mudar a partir de quinta-feira, 27 de junho. Os termómetros não vão atingir as temperaturas que por estes dias se vivem no resto da Europa, mas vai estar mais calor e a chuva vai (finalmente) dar tréguas. Apesar de serem esperadas algumas nuvens no céu, o tempo vai estar mais simpático.

Mas felizmente “mais simpático” não significa “a derreter”. É que com os termómetros a chegarem aos 35 graus na Alemanha, aos 36 em Itália e Roma e aos 40 em Espanha, os alertas laranja ecoam por toda a Europa. Recomenda-se a ingestão de muita água, cuidado com a exposição ao sol e cautela na prática de exercício físico.

A onda de calor vai prolongar-se durante a semana, atingindo um pico na quinta e sexta-feira. Para dar uma ajuda, em França foram instaladas fontes temporárias e algumas piscinas públicas vão manter-se abertas até mais tarde — considerando que as temperaturas rondam os 40 graus, mas que devido à humidade a sensação de calor atinge os 47, é uma ajuda bem-vinda.

No Vaticano não houve água fresca, mas nem isso impediu os fiéis de se juntarem na Praça de São Pedro para a audiência pública semanal. O Papa Francisco também teve dificuldade em lidar com o calor esta quarta-feira, 26 de junho, mas não quis deixar de aproveitar a devastadora imagem de um imigrante afogado com a filha de 2 anos para saudar a solidariedade dos mexicanos. “Quero felicitar os mexicanos, porque são tão acolhedores com os migrantes. Que Deus vos pague”, disse.

Mostramos-lhe 15 fotografias que revelam o calor que está a atingir a Europa.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]