“A Guerra dos Tronos”. Petição exige que 8.ª temporada seja refeita

Já tem mais de 260 mil assinaturas e os comentários de revolta continuam a aumentar. Fãs pedem à HBO que contratem novos argumentistas.

Um dos momentos que mais revoltou os fãs foi o ataque de Daenerys a King's Landing

A última temporada de “A Guerra dos Tronos” teve tantas reações negativas que até quem não vê a série (sim, porque essas pessoas também existem) ficou revoltado. A desilusão foi geral e os comentários nas redes sociais foram avassaladores.

Os mais desiludidos com a temporada 8 da série acreditam que mereciam melhor e, por isso, lançaram uma petição com o objetivo de conseguir que essa temporada seja refeita. “Remake da temporada 8 de A Guerra dos Tronos com argumentistas competentes” é o nome do abaixo-assinado criado no Change.org.

Em apenas seis dias, o abaixo-assinado já conta com mais de 260 mil assinaturas acompanhadas por comentários como “esta série merece uma temporada final que faça sentido”, “foi tudo feito à pressa, nada foi explicado de forma correta” ou “por favor não arruínem a minha série preferida.”

O ataque mortífero de Daenerys Targaryen a King’s Landing com o seu último dragão, Drogon, foi um dos acontecimentos do penúltimo episódio da série que mais enfureceu os fãs. Muitos acham que a loucura repentina não está em linha com aquilo que foi a construção da personagem que, durante várias temporadas, sempre revelou querer e precisar do respeito do povo que queria governar. A atriz que interpreta Daenerys, Emilia Clarke, explicou num vídeo de behind-the-scenes: “Foram vários os motivos que a levaram a chegar a este ponto e agora lá está ela, sozinha. Todos temos um lado assim em nós, que nos diz ‘vou pousar este bolo de chocolate e vou embora’. Não podemos estar sempre com estes enigmas morais. Não que o bolo de chocolate o seja — podem comer a quantidade que quiserem — mas é daquelas coisas com as quais estamos sempre em conflito.”

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]