Acha que sabe tudo sobre ioga e pilates? Espere até entrar nesta escola

Chama-se Shift You e, entre ioga, pilates, massagens e osteopatia, dá um tratamento global ao cliente, seja ele um atleta ou um reformado.

As aulas de pilates, tal comoas de ioga, podem ser em grupo ou individuais

Escolas de ioga não faltam e estúdios de pilates também não. Nos ginásios, já se conseguem encontrar aulas de ioga e pilates, ainda que ao lado das zumbas e dos bum bum Brasil. Mas um sítio que junte apenas estas duas modalidades são mais escassos. Pedro Mendes e Bruno Rodrigues, que abriram a Shift You, em Lisboa, garantem que fora um espaço em Londres que lhes serviu de inspiração, ainda não conheceram mais nenhum na Europa.

“São duas modalidades que se complementam e, à partida, quem faz ioga está aberto a fazer pilates e vice versa”, explica Bruno à MAGG.

Shift You

Morada: Avenida Columbano Bordalo Pinheiro nº87 – 4º Andar, Lisboa

Telefone: 215 810 161

 

O estúdio abriu há dois anos mas além de terem agora uma equipa mais alargada, juntaram ao ioga e ao pilates toda uma vertente terapêutica que ajuda quem procura estas modalidades por razões bem específicas. “Se tenho cá um atleta, por exemplo, que teve uma lesão, se calhar combino o pilates com terapia feita pelo osteopata”, explica Bruno. Quem diz osteopatia, diz acupuntura, shiatsu, massagem terapêutica ou de relaxamento. Tudo isto está disponível neste estudo da Columbano Bordalo Pinheiro, em Lisboa.

Recebem atletas, é certo, mas não só. “Temos desde pessoas mais velhas a perder mobilidade, até pessoas que querem diminuir os níveis de stesse do dia a dia, até aqueles que querem simplesmente apostar na prática de ioga ou pilates”, explica Pedro, responsável pelas aulas de ioga, modalidade que descobriu um pouco por acaso.

“Eu era bailarino e volta e meia via os meus colegas a fazer aquilo de manhã antes de irmos treinar. Digo ‘aquilo’ porque, de facto, era algo que eu não sabia o que era”, admite. Mas houve algo na simetria e na exigência dos exercícios que lhe despertou a atenção. “Pedi-lhes para ficar ao lado deles a imitar os passos, aos poucos ganhei-lhe o gosto e já não passava sem a minha prática”, garante.

Começou a introduzir algumas das posições de ioga nos acompanhamentos a atletas que fazia e o feedback foi incrível. “Os treinadores diziam-me que os atletas melhoravam a postura e a técnica e começaram a pedir-me cada vez mais”. Foi aí que percebeu que podia mesmo passar conhecimento e tirou a formação necessária não só para dar aulas como também para dar formação.

Na Shift You, existem aulas privadas e de grupo, ainda que o tratamento personalizado seja o preferido desta dupla de professores. “Cada pessoa é um mundo”, diz Pedro. E, por isso, prefere olhar primeiro para quem o procura e só depois perceber se é o seu ioga que vai funcionar, ou se é o pilates do Bruno, as massagens ou a acunpuntura. “Ou um pouco de tudo”, explica. Isto porque, se o cliente tiver possibilidade para tal, pode simplesmente deixar-se guiar pelas diretrizes destes dois e ter um tratamento o mais completo possível, aproveitando cada uma das valências da escola.

Caso contrário pode optar pelas aulas e terapias em separado. Nesse caso, as aulas de ioga têm um custo que vai dos 45€ aos 120€, no caso das de grupo, e de 200€ a 540€ nas aulas individuais.

Já no pilates, uma consulta avulsa custa 60€, o pack de quatro aulas fica a 200€, o de oito a 380€ e o de doze a 540€.

Seja qual for a opção, prepare-se. O Pedro e o Bruno não deixam — literalmente — que qualquer passo seja dado em falso, ou fora do centímetro quadrado perfeito para que tudo no seu corpo esteja alinhado.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]