Achou que Samuel Tarly ia morrer no 3.º episódio de “A Guerra dos Tronos”? O ator também

Em entrevista a Ellen DeGeneres, John Bradley diz que, apesar de ser importante e acarinhado pelos fãs, ninguém está a salvo na história.

Ator diz que ninguém vai estar preparado se a sua personagem morrer nos últimos episódios

HBO

Foi uma das batalhas mais antecipadas de toda a série e culminou com um salto à ninja de Arya (Maisie Williams) que possibilitou a oportunidade perfeita para matar o Night King. Em meros segundos, toda uma batalha que durou mais de uma hora pareceu coisa fácil e estava assim resolvido o conflito entre vivos e mortos.

Mas embora tenham sido poucas as personagens principais a morrer, os fãs temeram pela morte de Samuel Tarly que, mais uma vez, arranjou maneira de se pôr em perigo.

Sempre desajeitado e inconveniente, Samuel viu-se rodeado de White Walkers e foi Dolorous Edd que se interpôs entre o amigo e a morte certa. Edd morreu e Samuel Tarly viveu para lutar mais um dia. Mas se naquele momento os fãs estavam seguros que era o fim de Samuel, a reação do ator não foi muito diferente.

Em conversa com Ellen DeGeneres durante o talkshow “Ellen DeGeneres Show”, o ator John Bradley revelou que leu o guião com a consciência plena de que iria morrer logo no início da batalha.

“Sim, nem eu próprio acreditei que ia sobreviver. Quando recebes um guião para o próximo episódio, lês sempre com um olho aberto por estares tão nervoso”, explicou.

Mas diz Bradley que, caso a personagem a quem dá vida venha mesmo a morrer até ao final da temporada, ninguém vai estar verdadeiramente preparado para isso. Precisamente porque se criou uma ideia de que Samuel é intocável.

“Há quem diga coisas como: ‘O Sam não pode morrer, ele é muito importante’ ou ‘Ele é muito acarinhado’. E eu só penso: ‘Meu deus, será que as pessoas nunca viram esta série? Ser importante ou querido pelos fãs não importa. Ninguém é sagrado e ninguém está a salvo em ‘A Guerra dos Tronos””.

Depois do terceiro episódio da oitava e última temporada, “A Guerra dos Tronos” vai focar-se agora no conflito pelo trono entre Daenerys (Emilia Clarke) e Cersei (Lena Headey). Embora não se saiba ao certo qual o desfecho da história, esperam-se muitas mortes e momentos de ação intensos.

Em Portugal, os três últimos episódios vão ser transmitidos no canal SyFy e na plataforma de streaming da HBO.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]