IKEA lança candeeiro que também é coluna de som

E uma coluna de som que também é uma prateleira. Esta nova coleção é uma parceria com a Sonos e vai pôr todos a ouvir música em casa.

A coluna também pode ser uma prateleira — suporta peso até 3 quilos

A criação de casas cada vez mais inteligentes é um dos objetivos da IKEA, que acaba de dar mais um passo nesse sentido. Numa parceria com a Sonos, marca norte-americana de equipamentos de som wireless, surge a SYMFONISK.

Esta coleção combina o design minimalista da marca sueca com a tecnologia e know-how sobre áudio da Sonos. É composta por dois produtos: um candeeiro de mesa (179€) e uma coluna que funciona também como prateleira (99,95€), que suporta até 3 quilos. “A música torna a casa mais acolhedora. Junta as pessoas e torna a vida mais alegre”, afirma Sara Morris, product manager da Sonos.

O candeeiro e coluna existe na versão preta ou branca

As colunas podem ser usadas separadamente ou de forma emparelhada, no caso de se querer um efeito stereo, e ouvir a mesma música em diferentes divisões da casa.

“Sabíamos desde o início que queríamos desafiar a estética tradicional de alta tecnologia. A intensidade do candeeiro ajusta-se, dando a ideia de lareira — uma peça única que difunde tanto a luz quente quanto o som”, explica Iina Vuorivirta, uma das designers da IKEA responsável pelo produto, em comunicado.

Para a IKEA, uma das principais preocupações é encontrar novas soluções de forma a que a relação das pessoas com as suas casas seja o mais imediata e simples possível, e considera que o som é uma parte importante para uma casa mais inteligente.

“Criar atmosfera e conveniência é central na criação do conceito IKEA Home Smart, e a gama SYMFONISK foi perfeitamente concebida tendo isso em mente. A IKEA está sempre à procura de ideias que melhorem a vida em casa. Ao incluirmos a área tecnológica nos produtos e soluções de mobiliário e decoração, podemos fazê-lo de uma forma ainda melhor”, afirma Björn Block, responsável pela área Home Smart da IKEA.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]