Como é que devemos pendurar o papel higiénico?

A dúvida é antiga e gera muitos debates domésticos. A CHOICE decifrou a questão, depois de encontrar a patente original com 128 anos.

Colocar o papel higiénico com a folha virada para cima é usá-lo exatamente como idealizou o seu criador

A dúvida já é velha e gera debates entre familiares e amigos. Afinal a folha de papel deve ficar virada para cima ou para baixo? Como é que é mais prático? O grupo de consumidores australiano CHOICE resolveu a questão doméstica de uma vez por todas ao descobrir a patente original do papel higiénico.

O produto tal como o conhecemos hoje foi idealizado por Seth Wheeler, que fundou a empresa Albany Perforated Wrapping Paper Company. Em 1871 fabricaram o primeiro rolo de papel higiénico perfurado, em 1891 acrescentaram-lhe um cilindro de cartão. A patente foi tirada a 15 de setembro de 1891, para sermos mais precisos, e revela a forma correta de colocar o papel higiénico — pelo menos na opinião do seu criador.

“Aqui na CHOICE somos destemidos em encontrar a verdade nas preocupações mais complexas do consumidor… e é por isso que nos propusemos a fornecer uma resposta conclusiva para a controversa questão de como pendurar o papel higiénico”, disse o grupo ao “The Daily Mail“.

A maior parte das pessoas parece concordar com a patente de 128 anos. “Há dois tipos de pessoas neste mundo: as pessoas que colocam os rolos de papel higiénico ‘em cima’, e depois há monstros”, comentou um dos clientes. Outra pessoa acrescentou que “aonde quer que vá, troco sempre o papel higiénico para a maneira correta”.

Por outro lado, há quem prefira ter a folha de papel higiénico por baixo. “Oferece um controlo melhor, é mais rápido e fácil”, comentou um consumidor. Houve ainda quem brincasse com a situação e dissesse: “Eu sou grata quando os meus meninos mudam o rolo e não me deixam encalhada”.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]