Uma floresta, um supermercado e um centro de tecnologia. Estes foram alguns dos cenários da Chanel de Largerfeld

Karl Lagerfeld não era apenas conhecido pela roupa que fazia. Os cenários são também pensados ao pormenor: florestas, supermercados e mais.

No último desfile de Karl Lagerfeld para a Chanel, o designer recriou uma praia com areia, ondas e até nadadores salvadores

O génio rebelde da moda, Karl Lagerfeld, morreu a 19 de fevereiro deste ano, mas nem por isso as suas criações deixam de ser apresentadas. A primeira foi da marca Fendi, que foi apresentada na Semana da Moda de Milão, a 21 de fevereiro, apenas dois dias depois de o seu diretor criativo ter morrido. As modelos apresentaram-se de rabo de cavalo – uma homenagem ao homem que tornou a Fendi uma marca desejada no panorama atual.

Agora, é a vez de a Chanel apresentar as suas propostas para o próximo outono/inverno. A expetativa é mais que muita, uma vez que será a última coleção desenhada pelo kaiser da moda. Segundo a agora diretora criativa, Virginie Viard, Karl Lagerfeld terá deixado instruções bem definidas para que o desfile seja exatamente como teria sonhado.

Como manda a tradição, o desfile vai acontecer no último dia da Semana de Moda de Paris, a 5 de março, e as expetativas estão altíssimas. Pela coleção propriamente dita e pelo cenário por onde passarão as modelos. Isto porque o antigo diretor criativo da marca não deixava nada ao acaso.

O Petit Palais, que nos últimos anos tem vindo a hospedar o desfile, já foi transformado numa praia com areia e ondas verdadeira ou num supermercado totalmente abastecido. Também já virou floresta, e albergou um vaivém de tamanho original e um iate de luxo.

Mas há mais. O génio de Largerfeld não o deixava parar de criar por isso os seus desfiles também tiverem como cenário uma casa de bonecas, uma imitação do seu atelier e um centro de tecnologia de alta gama.

Não sabemos o que nos espera no primeiro desfile da Chanel sem Karl Largerfeld, o que podemos acreditar é que o Kaiser da moda continuará a encantar os fashionistas, mesmo depois de ter falecido.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]