Morreu Jeraldine Saunders, criadora da série “O Barco do Amor”

A escritora morreu aos 96 anos devido a complicações médicas. Saunders encontrava-se a negociar a adaptação da história para a Broadway.

Jeraldine Saunders com o ator Bernie Kopell, Adam Bricker de "O Barco do Amor"

FilmMagic

Jeraldine Saunders, a autora e criadora da série “O Barco do Amor” morreu esta terça-feira, 26 de fevereiro. A escritora, de 95 anos, foi vítima de complicações pós-cirúrgicas após ter removido pedras dos rins no passado mês de dezembro.

Saunders tornou-se numa das primeiras mulheres a ter o cargo de diretora de cruzeiros num grande empresa, a Princess Cruises. Foi com base nesta experiência profissional que escreveu, em 1974, o livro “The Love Boats”, adaptado pelo canal norte-americano ABC para criar a famosa série “O Barco do Amor”.

Apesar da sua idade avançada, Jeraldine Saunders encontrava-se a negociar e a escrever a adaptação de “O Barco do Amor” para uma peça de teatro na Broadway, bem como a trabalhar em outros dois livros.

“O Barco do Amor” foi transmitido em Portugal pela RTP durante os anos 1980, tendo sido reposta já durante o início dos anos 2000 pelos canais de comédia da SIC (SIC sempre Gold e SIC Comédia).

Durante a 9.ª temporada, “O Barco do Amor” rumou até à Península Ibérica para gravar o episódio duplo “The Matadors”, cuja a história se centrava no neto de um grande toureiro espanhol que queria ser escritor em vez de seguir as pisadas do avô.

De acordo com o jornal “Correio da Manhã”, durante a passagem da equipa do “O Barco do Amor” por Lisboa, foram gravadas cenas no Rossio, Alfama, Bica, Senhora do Monte. A equipa gravou também a Praça de Touros do Campo Pequeno, onde foi encenada um corrida de touros à moda portuguesa e que contou com a participação dos cavaleiros Vasco Taborda e Afonso Lopes e do matador José Júlio.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]