Fomos aprender a fazer 3 receitas do novo Hummusbar

O húmus é a estrela, mas também há pão pita caseiro, falafels, shakshuka e sabich. A MAGG aprendeu três receitas que pode fazer em casa.

A maioria da oferta é vegetariana ou até vegana

Se nunca provou húmus tem agora oportunidade de o fazer. A pasta cremosa tem como ingrediente estrela o grão-de-bico cozido, um superalimento que contém muitos nutrientes como fibras, proteínas e vitaminas. Feito a partir da mistura do grão com tahine (pasta de sésamo), azeite, sumo de limão e especiarias, o húmus, além de isento de glúten, é delicioso, saudável e “sexy”. Pelo menos é esta a palavra escolhida pelo israelita Uri Gotlibovich, um dos fundadores da marca Hummusbar.

Em dezembro de 2005, Uri Gotlibovich abriu um pequeno espaço em Budapeste, onde vendia apenas húmus, falafels e algumas saladas. Foi daí que nasceu o nome Hummusbar. Da preparação dos alimentos à venda ao balcão durante o dia, sem esquecer a limpeza e o fecho à noite, todas as tarefas eram feitas pelo agora guru do grão-de-bico. Corria tudo bem, e ficou ainda melhor quando Gotlibovich se juntou a um novo sócio, Pavel Mintz, para abrir novos restaurantes.

Benc Csokay juntou-se a Uri no amor pelo húmus

João Martins

Quase 14 anos depois, existem 14 espaços em Budapeste, um na Eslováquia e um na Bulgária. Agora chega a Portugal: o primeiro Hummusbar estreou-se em dezembro no mercado de Campo de Ourique, em Lisboa, e pretende pôr à prova o palato dos portugueses a estes sabores de origem oriental. Aqui cozinha-se com grão-de-bico vindo do Egito e todos os pratos são feitos diariamente com ingredientes frescos. A maioria da oferta é vegetariana ou até vegana — à exceção dos pratos com ovo, como a shakshuka e o sabich.

Para além destes pratos, no Hummusbar há ainda sanduíches de pão pita e diversas saladas, que variam entre os 3,90€ e os 4,90€. Para beber há limonada caseira e chá preto com menta, folhinha de hortelã e limão.

A MAGG foi aprender três receitas do novo Hummusbar com o chef húngaro Krisztian Toth. Em todas as receitas pode utilizar salsa, paprica, cominhos e azeite. Mas antes, descubra como se faz o húmus que é servido no Hummusbar.

Húmus à Hummusbar

Ingredientes:
Grão-de-bico
Água
Bicarbonato de sódio
Pasta tahin
Salsa
Paprica

Modo de preparação:
Deixar o grão-de-bico um dia em água, para ficar mais macio. Depois, cozê-lo durante 5/6 horas com bicarbonato de sódio. Para saber se está pronto, atire um pouco da pasta à parede. Não estamos a brincar, é mesmo assim que se faz: se colar, está pronto. De seguida, misturar com uma varinha mágica ou misturadora. Acrescentar pasta tahin. Deixar um dia no frigorífico.

Húmus de Cogumelos (7,90€ no Hummusbar)

Ingredientes:
Cogumelos
Água
Limão
Azeite
Tahin
Salsa

Modo de preparação:
Fazer um refogado com cebola e deixar os cogumelos a cozinhar durante 3 horas (se for em grandes quantidades). Depois de colocar o húmus no prato, acrescentar os cogumelos, tahin, salsa, paprica e azeite.

Shakshuka — prato israelita (8,90€ no Hummusbar)

Ingredientes:
Cebola
Pimento vermelho
Tomate
Polpa de tomate
Água
Azeite
Tahin
Pão Pita

Modo de preparação:
Fazer um refogado com cebola como base, acrescentando o pimento vermelho, o tomate cortado aos pedaços e a polpa de tomate. Quando levantar fervura, acrescentar um pouco de água, açúcar, sal e paprica. Colocar os ovos a escalfar durante 3 minutos. Pôr thain, azeite e salsa a gosto. Esta receita pode (e deve) ser acompanhada de pão pita.

Couve-Flor Frita com Thina (4,40€ no Hummusbar)

Ingredientes:
Couve flor
Óleo
Sal
Azeite
Pimenta
Salsa
Tahin

Modo de preparação:
Separar a couve flor crua aos bocados e fritar em óleo a ferver. Quando estiver dourada por cima, retirar da frigideira, pôr sal, pimenta, salsa e molho tahin.

Texto de Rita Espassandim, fotografia de joaomartins.
Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]