Depois de uma edição para batoteiros e outra para millennials (onde não pode comprar casas porque não tem dinheiro para isso), o Monopólio virou-se para os prazeres simples da vida e criou uma nova versão do seu jogo. Vem dentro de uma caixa de pizza e, adivinhou, é para os fãs de todo o tipo de pizzas — mesmo para aqueles que gostem de combinar ingredientes ousados, como o ananás.

Ao contrário do que acontece na edição original, nesta nova versão os jogadores não têm de comprar propriedades ou tentar construir um império milionário, ao passo que evitam a bancarrota.

Aqui a ideia passa por levar os participantes a comprar o maior número de pizzas possíveis: das mais baratas, como as de ananás ou de cogumelos, às mais caras, com salsicha e pepperoni, por exemplo.

Provavelmente anda a jogar Monopólio com regras que não existem (mas muitos acham que sim)

Segundo os criadores do Monopólio, os jogadores terão de “colecionar um conjunto de sabores para construir a receita perfeita.” Mas mais importante do que isso é conseguir colecionar várias fatia de pizza que, além de serem as novas figuras do tabuleiro, são ganhas através de desafios complexos durante o jogo. No final, vence aquele que mais fatias tiver na sua posse.

Mas atenção: uma vez ganhas, as fatias podem ser roubadas pelos seus adversários. É importante que tente encontrar uma forma eficiente e inteligente de jogar de maneira a maximizar e proteger a sua coleção.

Nesta nova edição, chamada “Monopoly Pizza”, as figuras utilizadas para que cada participante se movimente pelas várias casas do tabuleiro incluem um chef ou pizzaiolo, uma mota de entregas, uma pizza na tábua e um cortador de fatias.

Apesar de esta nova versão do jogo ainda não se encontrar à venda em Portugal, já pode ser encomendada através de várias plataformas online, como a Amazon. Custa 17€, sem portes de envio, e é destinada a todos os jogadores com mais de oito anos de idade.