Partilhar a password da Netflix com amigos pode levar à desativação da sua conta no futuro

Novo sistema deteta quem cede a palavra-chave aos amigos de serviços de streaming e permite que prevaricadores sejam sancionados.

Aproximadamente um quarto dos millennials partilha os dados da sua conta

Todos nós já ficamos contentes por ouvir que um amigo criou conta na Netflix; assim poderá ceder-nos a password e ainda partilhar com outros amigos. Mas esta situação (ilegal, por sinal) está prestes a ter um fim.

A empresa britânica Synamedia criou um sistema de inteligência artificial que permite detetar quando é que as passwords são partilhadas, em serviços de streaming como a Netflix e HBO.

Estes serviços podem escolher como lidar com os “culpados”, ou seja passar o utilizador para um serviço premium ou encerrar a sua conta por completo.

Se uma conta estiver ligada em Edimburgo e em Londres, por exemplo, a Synamedia sinalizará o utilizador. A empresa diz que o software é inteligente o suficiente para saber se se está a assistir aos conteúdos em casa ou numa casa de férias. Ou seja pode usar tranquilamente o serviço fora da sua habitação regular desde que mais ninguém lá de casa a esteja a utilizar.

A Synamedia revelou a nova tecnologia na CES, (a maior feira de produtos tecnológicos do mundo), esta semana.

No evento, Jean Marc Racine, diretor de produtos da Synamedia, disse que “a partilha de senhas está a tornar-se cara demais para ser ignorada”, sendo esta uma “ótima maneira de manter as pessoas honestas, enquanto se beneficia de um fluxo de receita crescente”.

A empresa começou agora a testar o sistema e diz que, no futuro, o disponibilizará a serviços de streaming como a Netflix.

Uma pesquisa recente da Magid, empresa de segurança individual e no trabalho, descobriu que aproximadamente um quarto dos millennials partilha os dados da sua conta de serviços de streaming de vídeo com os amigos.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]