São uma das bandas portuguesas mais acarinhadas pelo público, mas são poucas as oportunidades de vê-los juntos. Ornatos Violeta, o grupo musical composto por Manel Cruz (voz), Nuno Prata (baixo), Peixe (guitarra), Kinörm (bateria) e Elísio Donas (teclados) juntaram-se no Porto em 1991, mas separaram-se 11 anos depois.

Agora estão de volta. Para assinalar o 20.º aniversário desde o lançamento do segundo e último álbum, “O Monstro Precisa de Amigos”, a banda vai atuar no NOS Alive de 2019, no Passeio Marítimo de Algés. O concerto acontece no primeiro dia do festival, 11 de julho, quando também sobem ao palco os The Cure.

“O Monstro Precisa de Amigos” foi disco platina, e conquistou tanto o público como a crítica. A revista de música “Blitz” atribuiu-lhe a distinção do terceiro Melhor Álbum Português editado nos anos 90 e um dos 25 melhores álbuns nacionais editados entre 1960 e 2000.

Ornatos Violeta já se tinham reunido em 2012 para celebrar os 20 anos da sua formação. Na altura, deram oito concertos especiais.

A melhor playlist para curar um coração partido (segundo a ciência)

O NOS Alive decorre entre 11 e 13 de julho, e os bilhetes já estão à venda (65€ o diário e 149€ o passe de três dias). Entre os nomes confirmados estão Bon Iver, The Cure, The Smashing Pumpkins, entre outros.