Deixar as séries e os filmes de parte para poderem viajar não parece uma tarefa muito complicada para os millennials, dado que 80% abdicava da sua conta na Netflix, revela um estudo feito pela Contiki, uma companhia de viagens exclusiva para idades entre os 18 e os 35 anos, com uma amostra de 1500 pessoas.

O álcool e o café são outros dois pequenos prazeres característicos desta geração, mas se lhes derem a oportunidade de fazer as malas e correr o mundo, deixam facilmente as noites de copos e o café para curar ressacas. Isto porque 73% dos inquiridos abdicava do álcool e 77% do café.

A lista de coisas de que abdicariam em troca de uma viagem não fica por aqui. 57% dos participantes preferem viajar a fazer sexo. Mas aparentemente, não eram assim tantos os que deixariam o scroll nas redes sociais ou o envio de mensagens, já que apenas 41% abdicaria do seu telemóvel.

Quanto custa fazer 10 viagens de uma vida

De acordo com a empresa ligada a viagens, a Expedia Media Sollutions, os millennials são a geração que mais viaja, com um total de 35 dias por ano dedicados a conhecer novos países e culturas.

Entre os dados estatísticos que a Contiki revelou sobre a quantidade de tempo que perdem a planear uma viajem, a procura de sítio para dormir leva entre uma a três horas para 51% dos millennials e 57% demoram o mesmo tempo para escolher os restaurantes que querem experimentar.