Os looks mais estranhos que encontrei no Portugal Fashion

Sapatilhas pintadas por crianças, casacos em segunda mão, óculos espaciais, encontrei de tudo na semana da moda do Porto.

Os eventos de moda são muitas vezes um pretexto para sermos irreverentes, para sairmos do registo habitual ou para exprimirmos aquilo que as palavras não dizem. Às vezes pergunto-me: o que está afinal na moda? Porque o que para mim é giro, cool, trendy, para outra pessoa pode ser precisamente o oposto e, muito sinceramente, é isto que me fascina nesta indústria. Há quem use sempre meias e há quem goste de andar sempre com os tornozelos à mostra, há quem adore padrões e há quem abomine, e por aí fora. Eu acho muita graça a esta diversidade de gostos. Acho que é fundamental existirem diferenças.

Nestes dias de Portugal Fashion, estive especialmente atenta. E vi de tudo! Pessoas mais simples e mais exuberantes. Vi confiança e vi falta de atitude. E como uma das coisas que mais gosto de fazer é desconstruir pessoas, e principalmente personagens, fui entrevistar as que mais me chamaram a atenção, e brincar com o que tinha vestido. Ou porque estavam com muita pinta, ou porque estavam exageradamente produzidos, ou porque estavam excêntricos ou porque estavam apenas estranhos. Vejam o vídeo e riam-se comigo porque a moda também é isto: um pretexto para nos entretermos e divertirmos, tal como fazemos com qualquer arte.

Texto de Maggie, fotografia de Samuel Costa, vídeo de Samuel Costa.
Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]