Netflix. A série com os atores de “La Casa de Papel” e 5 outras novidades de outubro

O regresso de "Making a Murderer" e "Demolidor" são algumas das estreias mais esperadas da plataforma de streaming.

Com saudades de "La Casa de Papel"? Em "Élite" vai ter a oportunidade de rever alguns dos atores mais importantes da história

Netflix

Se setembro trouxe “Maniac”, “Punho de Ferro” e “BoJack Horseman”, três das séries mais esperadas da Netflix para aquele mês, outubro vem manter a qualidade com lançamentos importantes. Desde séries de animação a produções de drama e ação, não há que ter vergonha de admitir que provavelmente não vai ter tempo para ver todas as novidades da plataforma de streaming. Basta guardar esta listagem e escolher aquilo que mais lhe apetece ver e guardar as outras para depois.

Mas antes das estreias de séries relevantes, recordamos que um novo episódio de “Better Call Saul”, o spin-off de “Breaking Bad”, estreou já esta terça-feira, 2 de outubro. O último episódio chega uma semana depois, a 9 de outubro.

Estas são as 6 novidades da Netflix para este mês.

“Big Mouth”, 2.ª temporada — 5 de outubro”

“Big Mouth” é uma série de animação para adultos assinada por Nick Kroll (“Adultos Iniciantes”) e Andew Goldberg (“American Dad!”), um dos colaboradores de “Family Guy“. A história acompanha a vida de várias personagens que muito rapidamente começam a descobrir os dramas da adolescência e da puberdade, com tudo o que isso tem de bom e de mau.

A primeira temporada estreou em 2017 e depressa se tornou num sucesso, e é já uma das séries de animação mais conceituadas da plataforma, juntamente com “BoJack Horseman” e “Desencantamento”.

“Élite”, 1.ª temporada — 5 de outubro

“O que acontece quando três estudantes de outro status social chegam à escola mais exclusiva do país?”, escreve a Netflix nas redes sociais. A série contará a história de um grupo de estudantes de Las Encinas — uma das escolas mais ricas de Espanha, que é obrigada a aceitar alunos de uma outra escola mais pobre, depois de esta ser destruída por uma catástrofe natural. No centro da discórdia estarão em causa as diferenças culturais entre os alunos privilegiados e os recém-chegados, pertencentes à classe operária, e cuja tensão resultará num assassinato.

A série conta com a produção da espanhola Zeta Produciones e diz Francisco Ramos, produtor executivo, que “fazer uma série para o público adolescente é muito emocionante, na medida em que é possível retratar uma sociedade aparentemente perfeita onde tudo pode correr mal.”

“Élite” foi pensada e criada por Carlos Montero (“Físico-Química” e “Dinero Fácil”) e Darío Madrona (“Os Protegidos” e “Vive Cantando”)

“Demolidor”, 3.ª temporada — 19 de outubro

Está de regresso talvez um dos heróis mais cool do universo da Marvel. Falamos do Demolidor ou Matt Murdock que, na série, é interpretado por Charlie Cox (“Os Defensores”). Matt é advogado de dia e durante a noite combate o crime usando uma máscara e muita violência. É um vigilante e não tem medo de se assumir como tal. Mas há uma particularidade muito importante: é que Matt é cego desde miúdo devido a um acidente, e desde então que todos os seus outros sentidos ficaram muito apurados.

É através da destreza e de uma perspicácia quase sobre-humana que Matt consegue conciliar as suas duas vidas sem colocar em risco aqueles que mais ama. Só que isso parece estar prestes a mudar com a chegada da terceira temporada à Netflix — é que o trailer dos novos episódios mostra o maior vilão (Vincent D’Onofrio) da região a sair da prisão. E isso significa mais e novos problemas para o herói da série.

“Making a Murderer”, 2.ª temporada — 19 de outubro

A série documental de crime, a primeira de sucesso produzida pela Netflix, conta a história real de Steven Avery, um norte-americano natural do estado do Wisconsin que passou 18 anos na cadeia depois de ser condenado a 32 anos de prisão pelos crimes de agressão sexual e tentativa de homicídio de Penny Beernsten, antes de ser libertado em 2003 graças ao surgimento de novas provas de DNA.

A segunda parte de “Making a Murderer” vai continuar a acompanhar de perto o caso de Steven Avery e do sobrinho, com foco na experiência dos dois homens na prisão por um crime que ambos juram não ter cometido. Segundo a plataforma de streaming, há mais história para contar e estes novos episódios têm a presença de Kathleen Zellner, a defensora de Avery, bem como da jurista que ganhou mais recursos em tribunal por condenações injustas nos Estados Unidos.

“Wanderlust”, 1.ª temporada — 19 de outubro

Esta nova produção conta a história de um casal de classe média-alta residente em Manchester, na Inglaterra, que procura salvar a relação que mantém há vários anos. Toni Collete (“Hereditário”) dá vida a Joy Richards, uma terapeuta que tenta perpetuar o amor que sente pelo marido (Steven Mackintosh) depois de um acidente de bicicleta que a faz questionar tudo à sua volta. A história do casal mistura-se com a das suas famílias, amigos, vizinhos e clientes, dando origem a novas formas de amor e a desejos proibidos que prometem pôr à prova a relação de ambos.

O guião é assinado por Nick Payne (“The Crown”) e conta com Luke Snellin (“Patrick”) e Lucy Tcherniak (“The End of the F***ing World”).

“As Arrepiantes Aventuras de Sabrina”, 1.ª temporada — 26 de outubro

À Netflix chega também uma reinterpretação das aventuras de Sabrina, uma feiticeira que, agora com 16 anos, se vê obrigada a escolher entre o mundo humano dos seus amigos e o mundo da bruxaria em que a sua família está envolvida. “As Arrepiantes Aventuras de Sabrina” parece ser a companhia perfeita para o outono e inverno, numa altura em que “Stranger Things” só deverá estrear em 2019.

A figura de Sabrina é interpretada por Kiernan Shipka (“Mad Men“) e a série é uma produção de Roberto Aguirre-Sacasa (“Supergirl”), o mesmo criador de “Riverdale”, outra série de sucesso também disponível na plataforma de streaming.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]