Era uma viagem que queria fazer há muito tempo, mas andava sempre à espera do momento certo. Foi agora. Não queria muito ir em agosto, porque há sempre demasiada gente em todo o lado, mas teve de ser. Adorei o sul de França, que tem locais maravilhosos, sítios que vale mesmo a pena conhecer, e que me fazem muito querer voltar um dia.

Se algum dia forem para estes lado, apontem aí algumas dicas de coisas que têm mesmo de ir ver ou conhecer. Começo por Marselha, uma das maiores cidades francesas. De tudo o que vi, destaco o Vieux Port de Marseille o Palais du Pharo e a Catedral de la Major.

Depois, Provence, um autêntico postal. Apenas fui até à cidade de Gordes e à Abadia de Sénanque, cercada de flores. Aliás, este é um dos sítios onde existem os famosos campos de lavanda, que dão umas fotografias incríveis com um fundo roxo. Mas, nesta altura do ano, a lavanda já tinha sido apanhada. Sault também é uma boa sugestão, uma vila medieval no alto de uma colina.

Segue-se Cassis, uma pequena vila piscatória, perto de Marselha. Sugiro um passeio de barco de uma hora, onde conhecem alguns dos principais calanques e é mágico.

Obrigatório, também, é Cannes, que tem um dos passeios mais glamourosos da Costa Francesa, a Croissete. As praias aqui não são incríveis. Gostei especialmente de Cannes à noite. Fiquei num boutique hotel que adorei e que vos recomendo: super bem localizado, jovem, moderno e com pinta. Chama-se Okko Hotels Cannes Centre.

Outro sítio que adorei: Antibes, uma cidade mais cosmopolita. Lembrou-me Barcelona, com casas antigas e ruas muito estreitas. Não cheguei a entrar no Museu Picasso, mas ficará certamente para uma próxima. Ainda fui a Juan-Les-Pins, uma vila medieval muito charmosa. Mais uma vez, a minha T-shirt vintage com o logo Galp esteve sempre presente 🙂

Também fiquei encantada com uma pequena vila, Villefranche-sur-Mer, encantadora. Foi construída numa colina com muitas casinhas laranjas à volta do mar. Um dos meus sítios preferidos.

Claro que não podia deixar de ir a Nice, onde acabei por fazer praia. As praias são muito engraçadas, mas a maioria não tem areia, mas sim pedras. A água tem uma cor linda, um azul que nunca tinha visto, daí fazer parte da região de Côte D’Azur. Mas estavam muito cheias nesta altura do ano. Não recomendo propriamente. Mas Nice é muito bonito para se conhecer, mesmo sem se fazer praia. A avenida beira-mar, a Promenade de Anglais, é agradável e foi onde acabei por estar mais tempo. Tive pena de não ter conseguido ficar por lá mais horas.

Faltou-me ir ao Mónaco mas, por causa de um outro trabalho, tive de alterar as datas da viagem e acabei por não conseguir lá ir. Para ficarem hospedados, eu recomendo tanto Cannes como Nice, acho que são dois sítios mais centrais para viajarem pelo Sul de França. E o mais prático é alugar um carro e ir andando de cidade em cidade. Atenção ao estacionamento e às estradas, é tudo um pouco confuso. Mas vão encontrar certamente paisagens lindas, vilas deliciosas e um clima maravilhoso. Qualquer dúvida, estou aqui. ❤