L’Oréal compra licença de beleza da Valentino

Há várias marcas de luxo da área de beleza que pertencem à L'Oréal — e provavelmente nem sabia disso. A Valentino passou a ser uma delas.

Os primeiros perfumes Valentino foram lançados nos anos 70

O grupo L’Oréal acaba de juntar mais uma marca de luxo ao seu portefólio. Valentino é a mais recente parceira do grupo francês e junta-se a partir de janeiro de 2019 a outras marcas como Armani, Yves Saint Laurent, Ralph Lauren, Lâncome, Proenza Schouler ou Maison Margiela.

As duas marcas assinaram uma licença a longo prazo que consiste na criação, desenvolvimento e distribuição de fragrâncias e produtos de beleza de luxo, feitos pela L’Oréal, com o nome Valentino.

Esta é uma forma de a marca italiana chegar a um público mais jovem e diversificado, que é o público da L’Oréal. “Estamos extasiados por ter conseguido esta licença da Maison Valentino. Com a sua combinação única de prestígio e modernidade, Valentino vai com certeza chegar às consumidoras millennial de todo o mundo”, afirma em comunicado Nicolas Hieronimus, antigo CEO da L’Oréal.

À MAGG, a L’Oréal não confirmou se esta parceria se irá alargar a produtos de maquilhagem, mas é, segundo a marca, uma hipótese que está em cima da mesa. É objetivo de ambas as marcas que esta parceria seja forte e representativa na área da beleza.

Uma área que Valentino sentiu que precisava crescer, conforme explica Stefano Sassi, CEO da Valentino, “Estamos muito contentes por começar, em conjunto com a L’Oréal, a desenvolver o nosso negócio no setor da beleza. Acreditamos que com o conhecimento e experiência da L’Oréal, esse setor será ainda mais potenciado.”

O anúncio foi feito esta segunda-feira, 28 de maio, pelo grupo francês na página de Twitter, mas a parceria só vai começar a ser trabalhada no início do próximo ano. Os primeiros produtos deverão chegar ao mercado ainda em 2019, Portugal incluído.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]