A atriz Emilia Clarke, revela que recusou despir-se integralmente para filmar uma cena de “A Guerra dos Tronos” — série na qual interpretou a personagem Daenerys ao longo de oito temporadas — apesar de lhe ter sido dito que esta decisão iria desiludir os fãs.

A revelação surgiu na sequência de uma conversa sobre nudez no podcast “Armchair Expert“, com Dax Shepard. “Tenho agora muito mais experiência com aquilo que me faz sentir confortável”, disse a atriz que atualmente integra o elenco do filme “Last Christmas” (com estreia marcada para 5 de dezembro, em Portugal).

“Antes, tinha zangas no set em que dizia, tipo: ‘Não, o lençol fica em cima’. E eles diziam qualquer coisa, como: ‘Não queres desapontar os teus fãs de ‘A Guerra dos Tronos’.’ E eu dizia: ‘Vão à merda'”.

Na mesma entrevista, Clarke lembrou os tempos em que iniciou a rodagem da série. “Aceitei o trabalho e eles enviaram-me os guiões. Eu lia-os e ficava, tipo: ‘Oh, aí está o problema’. Mas eu vinha da escola de teatro e encarava tudo como um trabalho — se estava no guião, então era claramente necessário. Era aquilo que que eu ia fazer. E ia correr tudo bem.'”

Emilia Clarke quer ser a primeira atriz feminina a dar vida a James Bond

Mas foi duro. Clarke recorda a dificuldade de perceber que podia criar os seus limites, e a dificuldade em perceber o seu papel na primeira temporada.”Não sabia o que era esperado de mim, não sabia o que é que os outros queriam, não sabia o que é que eu queria.”

Continuou: “Independentemente de haver nudez, eu passei a primeira temporada a achar que não era digna de precisar de nada… O que quer que estivesse a sentir de mal, ia chorar à casa de banho, depois voltava, tornava a fazer a cena e ficava tudo bem.”

O ator Jason Momoa, que interpretou Khal Drogo (marido de Daenerys primeira temporada da série), ajudou Emilia Clarke a perceber que ela podia definir as suas regras e balizas, que ela é que decidia que partes do seu corpo é que estava disposta a mostrar. “Foi sem dúvida difícil”,confessou Clarke a Dax Shepard. “Foi por isso que as cenas que fiz com Jason foram maravilhosas, porque ele me dizia: ‘Não, querida, isso não está bem.'”