No dia em que se estreava na Netflix um dos filmes mais antecipados do ano, “El Camino: Um Filme de Breaking Bad”, morria um dos atores da mesma produção: Robert Forster morreu aos 78 anos, vítima de um cancro cerebral, de acordo com o “The Hollywood Reporter”.

O ator americano era Ed no filme que dá continuação à saga de “Breaking Bad”, uma das séries mais populares de sempre, no papel de um facilitador de fugas, que ajuda Jesse (Aaron Paul) a fugir de Albuquerque.

Apesar da sua presença no filme e da ligação à série de êxito, Robert Forster só participou num episódio de “Breaking Bad”, no decorrer da quinta temporada, onde proporcionou a fuga de Walter White (Bryan Cranston).

No entanto, há muito mais na carreira Robert Forster para além desta participação: o ator teve o seu primeiro grande momento de fama em 1997, ao integrar o elenco de “Jackie Brown”.

O que os críticos andam a dizer sobre o filme “El Camino” (excluímos os spoilers)

A sua participação no êxito de Quentin Tarantino, onde dividiu o ecrã com Samuel L. Jackson, Robert De Niro e Pam Grier, entre outros, valeu-lhe uma nomeação para o Óscar de Melhor Ator Secundário — mas a estatueta foi parar às mãos de Robin Williams, pela sua interpretação em “O Bom Rebelde”.

O ator também teve uma carreira de sucesso na televisão. Para além de participar na série de ficção científica “Heroes”, surgiu numa produção de culto, embora apenas na sua versão mais atual: Robert Forster entrou na temporada mais recente de “Twin Peaks”. Na fotogaleria, recorde estes e outros papéis populares do ator.

7 fotos