Selina abre cowork no Porto — e os primeiros dias são grátis

Depois de hostels em Lisboa, Porto, Alentejo, o grupo aposta em espaços de cowork, com lugar para 90 pessoas e ainda 5 escritórios.

O espaço apresenta várias modalidades de pagamento que vão desde os 15€/dia até aos 200€ de mensalidade

JOAO VIEGAS GUERREIRO

Marcaram a diferença quando abriram o primeiro hostel do grupo em Portugal. O Selina do Porto é um espaço que tem muito mais do que camas para passar a noite. Todo o espaço convida a ficar, seja pelo jardim, pelos cocktails, pela sala de cinema ou pelas aulas de ioga de manhã e os DJ ao fim da tarde.

Entretanto, o grupo avançou para Lisboa, abriu recentemente um hostel na Ericeira e outro em Vila Nova de Milfontes e já tem o Gerês em mira, isso para 2020.

Mas a próxima inauguração acontece no dia 30 de agosto na cidade na qual o grupo hoteleiro de estreou em Portugal. Desta vez não falamos de um hostel, mas de um cowork.

Selina Navis Cowork ocupa o emblemático “Edifico Árabe” no Porto. Este imóvel, com traços da corrente arquitetónica neoárabe, foi construído em 1908 e fazia parte do complexo industrial das Devesas inaugurado em 1865 e que se transformou num dos mais importantes agregados cerâmicos da Península Ibérica.

Agora, e já transformado em espaço de trabalho conjunto de 700 metros quadrados, conta com 90 lugares e mais cinco escritórios.

Para celebrar a inauguração do novo projeto, o grupo Selina vai promover a iniciativa “Free Cowork Days”, quatro dias de utilização gratuita (de 26 a 29 de agosto), durante os quais todos os interessados poderão simplesmente visitar e vir já preparado para passar o dia a trabalhar.

Quando o projeto arrancar, vão estar disponíveis várias formas de pagamento que vão desde os 15€/dia ou 200€/mês. Mas há ainda os planos de membership que vão de um a seis meses e que dão acesso a benefícios em todos os Selina em Portugal, não só em noites, mas em atividades que aconteçam em qualquer um dos hotéis.

O cowork fica no centro do Porto , na Rua José Falcão nº 199. Mas enquanto não chega o dia da abertura, espreite nestas imagens alguns dos pormenores de decoração e de logística.

JOAO VIEGAS GUERREIRO

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]