Quem vai a Bali espera paisagens magníficas, praias paradisíacas e templos de perder a vista. Só que muitas vezes estes cenários idílicos são apenas produzidos para as fotografias. Segundo o “The Independent”, alguns turistas em Bali estão a ficar descontentes com a visita a um templo que se tornou viral nas redes sociais. O problema? A realidade não tem nada que ver com o feed de Instagram.

O templo Lempuyang, em Karangasem, é conhecido pelo nome As Portas do Céu e recebe vários turistas todos os anos. Nas fotografias publicadas nas redes sociais, é possível ver duas estruturas em pedra refletidas na água. Normalmente, os turistas posicionam-se no centro e são, também eles, refletidos na água.

O problema é que este efeito é produzido com um espelho — na verdade não existe água a circundar o templo e as fotografias idílicas são editadas para as redes sociais.

O templo em Bali não tem água à volta

AFP/Getty Images

Este facto levou a que muitos turistas desapontados tenham avaliado o monumento com uma pontuação baixa no TripAdvisor. “Sem edição, a maioria das fotografias parece vulgar”, escreveu um utilizador. “As fotos que se veem online parecem bonitas porque elas são tiradas com um espelho que dá a impressão do reflexo na água”, afirmou outro.

Para além da desilusão, os turistas falam ainda em filas morosas para tirar a fotografia perfeita. “Apesar de o local ser bonito, não estou certo se o recomendo ou não. Se o têm de fazer pela fotografia, então sim. Mas recomendo que cheguem cedo porque terão uma fila de duas horas para conseguirem tirar a fotografia”, escreveu outro utilizador.

Homem é apanhado a escalar o edifício mais alto de Londres

O caso tornou-se viral depois de Polina Marinova, editora da “Fortune”, ter revelado o truque no Twitter. “A prova de que os influencers estragaram tudo. As minhas esperanças e sonhos ficaram destruídos quando descobri que a ‘água’ nos portões do céu era afinal um pedaço de vidro depois de um iPhone”, escreveu. A acompanhar estava uma montagem com uma fotografia editada e ao lado uma fotografia de como é tirada na realidade.

À esquerdas a fotografia nas redes sociais e à direita a forma como é tirada

Os comentários não se fizeram esperar. “E o Instagram não fala das longas filas e das horas que são precisas esperar”, escreveu um utilizador. “Verdade. Eu visitei esse sítio. Não se parece nada com as fotografias que as pessoas colocam no Instagram”, afirmou outro.