Acabar com o plástico tem sido uma das principais preocupações de grande parte das marcas, restaurantes e cadeias. A McDonald’s já começou a praticar medidas sustentáveis e tem como objetivo reduzir o plástico num total de quase 500 toneladas todos os anos.

A cadeia de fast food americana acaba de anunciar que a partir de setembro deixará de usar tampas de plástico nos gelados McFlurry, nos restaurantes do Reino Unido. Medida que representará uma redução de 383 dessas 500 toneladas. Também as taças em plástico onde são servidas as saladas deixarão de ser usadas. Esta mudança faz parte da reforma que a cadeia está a fazer a todo o packaging no Reino Unido.

As saladas hoje são servidas em taças de plástico

Assim sendo, todas as saladas, quer sejam como refeição principal ou como acompanhamento, serão servidas em caixas de cartão. Caixas estas cujo cartão contem pelo menos 50% de conteúdo reciclado.

Beth Hart, diretor da cadeia de abastecimento da McDonald’s do Reino Unido explica: “Estou entusiasmado com estas notícias, que significam que vamos servir o nosso produto mais adorado e novos itens de uma forma ainda mais sustentável. Estamos comprometidos a ouvir os nossos clientes e encontrar soluções com os nossos fornecedores. Este é o mais recente exemplo disso, mas não será o último.”

5 receitas para fazer em menos de 30 minutos — há risottos, assados e saladas

Estas medidas vêm no seguimento da remoção das palhinhas de plástico dos restaurantes e substituição por palhinhas em cartão. O que agradou à maioria dos consumidores, mas a todos. Houve um em particular que não gostou da ideia e criou uma petição para trazerem de volta o plástico.

Depois do anúncio de que a McDonald’s iria trazer de volta os sabores Oreo, Maltesers e Smarties nos McFlurries, fica-se a saber também que poderão comê-los sem prejudicar tanto o ambiente.