Era capaz de mergulhar numa piscina infinita no rooftop de um arranha-céus?

É este o plano projetado pela Compass Pools para o arranha-céus de Londres, o Infinity London.

Acontecendo, esta construção envolverá 600 mil litros de acrílico moldado

Compass Pools

E eis que nos chega a piscina com o maior potencial de vertigem — com direito a tontura e desmaio — da história das piscinas.

Passamos a explicar: uma piscina infinita de 360 graus está a ser projetada no topo de um futuro arranha-céus de Londres, no Reino Unido, chamado Infinity London. A ideia é que este projeto, pensado pela Compass Pools, ocupe toda a dimensão deste rooftop.

Acontecendo, esta construção envolverá 600 mil litros de acrílico moldado, em vez de vidro, que deverá ser colocado no topo do prédio de 55 andares, dando a sensação de que não existem margens que limitem a piscina.

Mas, como é que se faz a entrada e saída da piscina? Bem, pelo chão. De acordo com a “Mashable”, a equipa de design está a planear uma escada em espiral rotativa, semelhante à porta de um submarino. A mesma revista adianta que apesar da ideia estar em cima da mesa, há aspetos práticos que precisam de ser trabalhados.

Mais pormenores peculiares desta ideia: parte do piso da piscina será transparente, o que significa que os nadadores conseguem ver o andar de baixo e vice-versa.

“Arquitetos procuram-nos frequentemente para projetarmos piscinas infinitas no topo do telhado, mas raramente conseguimos opinar sobre o projeto do prédio porque a piscina é normalmente uma reflexão tardia”, disse, em comunicado, citado pela “Mashable”, Alex Kemsley, designer da Compass Pools.

Mas esta poderá mesmo ser a exceção. “Mas neste projeto começámos com o design da piscina e, essencialmente, pensámos: ‘Como é que vamos conseguir pôr um prédio por baixo disto?’ Quando projetámos a piscina, queríamos uma visão ininterrupta, tanto em cima, como por baixo de água.”

Os cinco primeiros andares do Infinity London estão pensados para servirem como espaço para um hotel, o que poderá significar que os hóspedes terão acesso a esta piscina.

De acordo com os designers, se o projeto avançar é possível que a construção comece já no início de 2020, com local do arranha-céus ainda por confirmar.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]