Sabia que os homens devem subir primeiro as escadas? 15 regras de etiqueta

O especialista Vasco Ribeiro acaba de lançar o blogue "A Hora de Etiqueta" com regras e dicas para que seja socialmente irrepreensível.

Depois do livro "Cortesia, Etiqueta & Protocolo na Hotelaria de Luxo", Vasco Ribeiro lança um blogue com dicas e conselhos para não falhar nos rituais da boa educação

Entrou num restaurante e surpreende-se ao ver um amigo sentado numa mesa a comer. Como já não o via há muito tempo, decide ir cumprimentá-lo e intuitivamente, faz o caminho para lhe dar um beijinho. A resposta da outra parte surge com uma atrapalhada ginástica de multitasking: limpar a boca, engolir a comida e tentar levantar-se para corresponder à saudação.

É por este motivo que é falta de etiqueta cumprimentar fisicamente alguém que está a fazer uma das suas refeições, como explica à MAGG Vasco Ribeiro, o especialista em etiqueta que acaba de lançar o primeiro blogue em Portugal dedicado ao tema e ajustado a uma geração onde existem telemóveis, internet ou redes sociais.

Professor universitário no ISLA Santarém, consultor e autor do livro “Cortesia, Etiqueta & Protocolo na Hotelaria de Luxo”, explica à MAGG que “o blogue ‘A Hora da Etiqueta‘ consiste numa plataforma versátil sobre regras, dicas e conselhos de etiqueta no dia a dia, em situações, ocasiões e circunstâncias que todos nós passamos, quer seja a nível pessoal, social e profissional.”

Adiantando-nos que já está trabalhar num segundo livro dedicado às boas maneiras, deixa à MAGG 15 regras menos óbvias, em que, possivelmente, está a falhar.

1. A carteira usa-se do lado esquerdo

“Se tiver carteira, mala ou pasta, não deve colocá-la e usá-la do lado direito ou na mão direita. É com a mão direita que se cumprimenta alguém que não conhecemos, ou abrimos e fechamos uma porta ou pegamos numa caneta para fazer uma anotação.”

2. “Bom apetite”, não

“‘Não diga “bom apetite’, mas sim ‘bom proveito’. O apetite, seja ele maior ou menor, é o que nos leva à mesa para tomar o pequeno-almoço, almoço, lanche, jantar ou ceia.”

3. Guarde a dieta para si

“Dizer que se está de dieta é falta de etiqueta num restaurante, porque, além de existir sempre alguém à mesa que não está de dieta, essa pessoa sente-se inibida de pedir o que na realidade lhe apetece.”

4. Não diga “muito prazer”

“Quando conhece alguém pela primeira vez não diga ‘muito prazer’, mas sim ‘muito gosto’ ou ‘bem-haja’ — prazer significa muitas outras coisas e nunca se sabe o que é que vai na cabeça da outra pessoa.”

5. Smartphone do lado direito e não escondido

“Cada vez mais o smartphone é um poderoso instrumento de trabalho — há o email, Facebook, Instagram, LinkedIn ou WhatsApp. Estar de acesso restrito ao smartphone à mesa influência inconscientemente, e para pior, a atenção que damos a quem está connosco. É muito pior tê-lo escondido sobre a perna e volta e meia estar a mexer nele. Por isso, à mesa fica do lado direito.”

6. Nunca abotoar o último botão

“Não abotoe todos os botões do blazer, casaco, colete, cardigan. Abotoe sempre o primeiro botão, o do meio talvez e jamais o último. Se tiver apenas dois botões deve abotoar apenas o primeiro; se tiver três é obrigatório abotoar o segundo e pode no limite abotoar também o primeiro. O último botão é o que em caso algum é abotoado.”

7. Não tresande a perfume — sobretudo se a fragrância for errada

“Não coloque perfume a mais, principalmente se usar a fragrância errada. Nada pior do que estar com alguém que tresanda a perfume. Nem oito nem 80. Adeque o tipo de perfume: durante o dia opte por fragrâncias suaves e à noite as fragrâncias mais fortes são as mais indicadas.”

8. Não cumprimente uma pessoa que esteja a comer

“É errado cumprimentar fisicamente as pessoas que estão sentadas à mesa a comer: apenas e tão só deve cumprimentá-las verbalmente de forma a não as incomodar diretamente. Não é de bom tom que o faça, precisamente porque a outra pessoa está a comer.”

9. Não apresente pessoas nos sítios errados

“Não faça apresentações em hospitais e cemitérios — locais associados a tristeza e melancolia por defeito. São dois sítios em que não deve proceder apresentar nem apresentar-se.”

10. Os homens sobem primeiro as escadas

“É falta de etiqueta os homens deixarem as mulheres subirem primeiro as escadas: é sempre o homem que deve subir à frente da mulher para abrir caminho e evitar que a mulher se cruze diretamente com alguém que não deva.”

11. O guardanapo fica desdobrado

“Nunca deixe o guardanapo dobrado na mesa no final da refeição: depois de o usar, deve deixá-lo na mesa desdobrado e nunca dobrado, para que o empregado de mesa saiba que foi usado pelo cliente.”

12. Não vá a festas de mãos vazias

“Sempre que for convidado para uma festa não deve ir, em bom português, de mãos a abanar. Seja cortês e ofereça algo simbólico ao anfitrião(ã) que o convidaram. Exemplos de cortesias: garrafa de vinho de qualidade, caixa de bombons gourmet, um bom livro ou um voucher para um spa.”

13. Use as redes sociais para agradecer

“Responda às SMS de aniversário nas suas redes sociais: idealmente deve agradecer a cada SMS que recebe, mas, na impossibilidade de o fazer (podem ser muitas), não deixa de ser correto e de fazer uma publicação geral a agradecer a tantos quantos lhe desejaram os parabéns.”

14. Não use diminutivos

“Não peça um cafézinho ou um cházinho: o uso de diminutivos ao pedir um café ou chá, entre muitos outros exemplos, transmite a ideia de que está a inferiorizar esse produto. E não é por isso que se tem mais ou menos bons modos e boas maneiras à mesa ou ao balcão.”

15. Não reclame com a pessoa errada

“Não reclame por tudo e por nada, nem com reclame com a pessoa errada: quando tiver que reclamar por algo faça-o sempre com quem o serviu e, de preferência, no momento mais oportuno. Se, porventura, a reclamação suscitar algum tipo de conflito, mantenha sempre a postura e bom trato.”

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]