Crítica. Sophia Kah e os vestidos de festa que queremos usar (nem que seja para ficar em casa)

A designer sabe como vestir uma mulher para uma festa. Raquel Strada foi a convidada especial para o desfile no Portugal Fashion.

Raquel Strada usa vestidos Sophia Kah para vários tipos de eventos

Mal entrámos na sala de desfiles, procurámos pela única mulher que não podia faltar no desfile de Sophia Kah no Portugal Fashion. É uma it girl, presença constante nas semanas de moda nacionais e internacionais e ainda por cima uma grande amiga da estilista. Raquel Strada não estava entre a plateia por uma razão: ela foi a estrela do próprio desfile de Sophia Kah.

Mas a maior estrela foi a própria coleção da designer, que conquistou Londres, e que nos fez desejar sermos convidadas para uns quantos cocktails e eventos de gala, só para podermos usar um dos vestidos que passaram na passerelle. Não havendo festas, usam-se para trabalhar — também dão para isso — porque a coleção outono/inverno 2019 tem peças perfeitas para mulheres executivas cheias de pinta, seja em que ocasião for. Já Raquel Strada dizia que “uma mulher de sucesso tem que ter uma peça Sophia Kah“, conforme vemos no site da marca. E é verdade.

A renda que tão bem caracteriza os designs de Sophia Kah volta a fazer parte das suas peças, desta vez em cor de rosa, preto e azul marinho. Às rendas, juntou ainda peças em seda e chiffon e apontamentos de veludo, como os cintos e as gargantilhas. Mas no meio disto tudo, o que mais se destacou, pela positiva, foi ainda o decote nas costas de alguns dos vestidos.

No meio de tantas peças ultra elegantes, femininas e sexy, de que tanto gostámos, apareceu um emblema que nos fez dar um passo atrás. Um tigre com lantejoulas cor-de-rosa nas costas e na lateral de algumas peças que nada tem a ver com todo o resto da coleção e que foi a maior desilusão.

A juntar ao tigre, um look com uma blusa e umas calças cheias de folhos que nos lembraram imediatamente as sevilhanas, e que, mais uma vez, sai completamente da linha de elegância que se viu nos restantes looks.

Felizmente, tudo acabou bem. Raquel Strada fechou o desfile de Sophia Kah com um vestido esvoaçante e drapeado fúcsia — uma das cores que mais se têm visto nas apresentações para o próximo outono/inverno — pelos joelhos e uma gargantilha de veludo.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]