Star Wars: Rise of the Resistance. É este o nome da nova atração da Disneyland em Anaheim, e na Disney World, na Florida, ambas nos Estados Unidos, que os fãs de Star Wars não vão mesmo querer perder. A atração é uma aventura com cerca de 28 minutos, que vai envolver os participantes no mundo galáctico a partir do próximo mês de junho. Uma das mais longas da história da Disney, coloca os pilotos na pele de Rey, Luke e Leia, que, tal como eles, vão enfrentar o maior desafio de todos: a Primeira Ordem.

O novo passeio está a ser apresentado, não apenas como uma experiência única, mas como quatro atrações numa. Os visitantes vão poder andar em vários veículos, encontrar inimigos e percorrer os corredores de um Star Destroyer como se fossem realmente combatentes capturados pela Resistência.

Pela primeira vez, uma atração da Disney fará com que mudemos de experiência para a experiência, em veículos e em segmentos diferentes, num enredo cinematográfico imersivo, que funciona como um verdadeiro passeio.

Para os fãs de Star Wars, este é o verdadeiro sonho. Segundo avança a revista “Travel and Leisure“, quando a experiência começar, BB-8 e Rey vão pedir aos participantes que entrem numa missão para lutar contra a Primeira Ordem. Uma porta vai abrir-se e, de repente, os participantes estarão do lado de fora, passando por X-Wing de Poe Dameron num cais de embarque movimentado, já que cerca de 50 pessoas embarcam num navio pilotado por Nien Nunb — o primeiro dos vários veículos que se encontram nesta aventura.

Inicialmente tudo parece correr bem, mas em breve os participantes serão sugados para dentro de um Star Destroyer. Uma vez presos, poderão ver um TIE Fighter de tamanho real à sua direita e uma “janela” de 30 metros para o céu, enquanto 50 Stormtroopers estão numa posição atenta, prontos para intimidar o grupo de aventureiros, enquanto estes são conduzidos pela embarcação em direção a eles. A partir daqui, Kylo Ren vai fazer a sua primeira aparição múltipla, enquanto os participantes se preparam para escapar do alcance da Primeira Ordem — e este é apenas o primeiro terço do percurso.

Joshua Sudock/Disney Parks

Partindo de uma base de Resistência, temendo punição de um exército de soldados, passando por cenários icónicos em veículos de oito lugares, pilotados por droides, tudo parece real, porque realmente é. As mesmas pessoas que fazem filmes da Guerra nas Estrelas estiveram envolvidas na totalidade do desenvolvimento desta atração, o que significa que esta aventura tem o mesmo nível de qualidade dos próprios filmes.

4 de Maio, dia internacional de “Star Wars”. Como eu demorei 24 anos a ver a saga e escapei a todos os spoilers

Até a fila de espera faz parte de toda a experiência. Um caminho insondável, longo e sinuoso, aparentemente esculpido em pedra com tochas a laser, fornece contraste entre entalhes antigos e equipamentos de alta tecnologia da Rebel (armaduras de voo repletas de filmes, aparelhos de respiração). A aplicação “Play Disney Parks” também permitirá a integração na fila, como mapas estelares holográficos brilhantes, que vão ajudar a passar melhor o tempo.