Ator de “Empire” é preso em Chicago — Jussie Smollett entregou-se às autoridades

Em causa está o alegado ataque racista e homofóbico de que o ator teria sido alvo em janeiro. Agora, é acusado de encenar tudo.

O ator é protagonista de "Empire", série transmitida em Portugal pela Fox Life

IMDB

Foi no final de janeiro que Jussie Smollett, protagonista da série “Empire”, divulgou um ataque brutal de que teria sido alegadamente vítima. De acordo com o ator, dois homens tinham-no atacado em Chicago, Estados Unidos, tendo espancado Jussie Smollett, para além de lhe gritarem insultos racistas e homofóbicos, e de o terem deixado com uma corda ao pescoço antes de fugirem do suposto local do crime.

As redes sociais inundaram-se de comentários em defesa do ator, com muitos utilizadores chocados com a gravidade do ataque e com a sua conotação racista e homofóbica.

Mas à medida que as semanas foram passando, as suspeitas de que teria sido o próprio ator de “Empire” a encenar o ataque aumentaram e culminaram nesta quinta-feira, 21 de fevereiro, dia em que Jussie Smollett foi preso pela polícia de Chicago.

De acordo com o site “Insider”, o ator norte-americano entregou-se às autoridades para responder às acusações de falso testemunho. A mesma publicação cita um porta-voz da polícia de Chicago, que confirmou a detenção e acrescentou que Jussie Smollett pode enfrentar três anos de prisão pelo falso testemunho, bem como por conduta desordeira.

De momento, o ator encontra-se na custódia da polícia de Chicago e deve apresentar-se em tribunal ainda esta quinta-feira.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]