Fomos conhecer a nova linha de azeites e vinhos de Dolores Aveiro

Depois de um livro, chegaram os produtos para cozinhar. Bacalhau ou açorda são receitas para se fazer com o azeite de Dolores.

Cristina Ferreira foi a anfitriã desta apresentação

Estamos habituados a ouvir falar do filho: ou porque é o melhor jogador do mundo, ou porque ganhou troféus, ou porque teve três filhos em menos de dois anos. Mas agora a estrela é a mãe do melhor do mundo, Dolores Aveiro.

Depois de um livro com o título “Mãe Coragem”, a madeirense de 64 anos acaba de lançar um projeto que a apaixona — uma linha de azeites e vinhos em parceria com a Queijaria Nacional. Na apresentação dos seus produtos, que aconteceu esta quarta-feira, 6 de fevereiro, no espaço Gourmet do El Corte Inglés, Dolores Aveiro chegou acompanhada de Cristina Ferreira, do seu agente e de um representante da Queijaria Nacional, vestida integralmente pelo El Corte Inglés.

A apresentadora da SIC fez as honras da casa num discurso onde elogiou a mãe de Cristiano Ronaldo. Esta não conseguiu conter as lágrimas. “É um projeto de sonho tornado realidade”, disse Dolores Aveiro, confessando que sempre quis ter um azeite com o seu nome.

Mas porquê azeite e vinho? A mãe de CR7 respondeu prontamente à MAGG que era o que tinha “sempre à mesa na hora da refeição”. “O azeite vai bem com um bacalhau, com uma açorda, com uma sopa. E depois um copo de vinho é sempre bom à refeição”. Os preços dos vinhos começam nos 7,95€ e vão até aos 8,95€, já o azeite é vendido por 10,90€.

Mas, dos dois produtos, há um que merece a especial atenção da mulher conhecida carinhosamente pelo público como Dona Dolores: “Eu prefiro o azeite, sinceramente, porque é algo que uso todos os dias. O copo de vinho posso nem sempre beber todos os dias, mas o azeite é essencial”.

E ainda deixou um conselho: “Faça uma sopa de legumes e deite um fio de azeite por cima. Fica incrível”.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]