Januhairy. 50 mulheres mostram que janeiro é o mês de aceitar os pelos

A campanha foi criada com o objetivo de incentivar à aceitação do corpo sem ceder à pressão dos padrões de beleza impostos.

A impulsionadora da campanha é Laura Jackson, uma estudante de Direito

Há já alguns anos que novembro se tornou sinónimo de deixar crescer a barba durante 30 dias — o Movember, como ficou conhecido, nasceu da vontade de alertar para os perigos do cancro da próstata. Agora chegou a vez do Januhairy, uma iniciativa que desafia as mulheres a quebrarem as normas impostas pela sociedade.

Como? Deixando os pelos quietos durante um mês. Criada por Laura Jackson, uma estudante de Direito de nacionalidade britânica, a campanha quer derrubar um dos principais tabus impostos pela sociedade na imagem corporal feminina: a depilação. O Januhairy surge em apoio ao programa educativo Body Gossip’s, que encoraja à aceitação de toda e qualquer forma de beleza.

“A aceitação do pelo na mulher ainda é, infelizmente, um dilema”, lê-se na página de Facebook da campanha. “A sociedade age como se o pelo que cresce nos nossos corpos fosse pouco atrativo e desagradável”.

O mês ainda vai no início, no entanto muitas mulheres já se juntaram à causa. Mostramos-lhe 50 fotografias que revelam como o pelo pode fazer parte da beleza feminina.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]