“The Bi Life”. Está a chegar o primeiro reality show dedicado a bissexuais

Não há vencedores ou prémio final. A série acompanha dez britânicos e as experiências que vão tendo com outras pessoas.

O reality show decorre em Barcelona, em Espanha, a cidade onde os concorrentes vão ter encontros amorosos

Aqui não entram estereótipos sexuais. O género não tem muita importância: bissexuais, pansexuais ou fluidos, em todos há atração por indivíduos de ambos os sexos. E é exatamente disso que fala o “The Bi Life”, o novo reality show que estreia esta quinta-feira, 3 de janeiro, no E! Entertainment. É a primeira novidade do casal este ano. A exibição está marcada para as 21 horas.

Sem vencedores ou prémios finais, o programa vai acompanhar a vida de dez britânicos, com idades entre os 21 e os 33 anos, e explorar os seus encontros em busca de relações e do amor, em Barcelona.

O objetivo do programa é que os concorrentes entendam quem são — para muitos é a primeira experiência neste registo livre, em que os estereótipos não importam. Em todos os episódios, que mostram diferentes locais da cidade espanhola, os participantes têm encontros bissexuais. Quando regressam a casa, todos assistem ao encontro em conjunto, para que este possa ser comentado e os restantes possam dar dicas e conselhos.

Shane Janek é o apresentador australiano do programa, conhecido por Courtney Act, a cantora e drag queen, antiga concorrente do “Australian Idol” e vencedora da edição de 2018 do “Celebrity Big Brother“, versão do Reino Unido.

No papel de porta-voz do programa, pretendente quebrar preconceitos e tabus. “Há tantos preconceitos e ideias erradas sobre pessoas bissexuais; uma delas é que os bissexuais se sentem atraídos 50/50 por homens e mulheres, e isso não é de todo verdade”, diz em comunicado.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]