Kinda Home. Já abriu em Portugal a nova cadeia que quer ser concorrente da IKEA

Foram 20 milhões de euros investidos na nova gigante de decoração, e os preços são para todos os bolsos.

Inaugura nesta terça-feira (27), a nova marca de mobiliário e decoração em Portugal.

Quase que apostamos que, em breve, muitos de nós terão em casa uma qualquer peça de mobiliário ou decoração da Kinda Home. Afinal, é já isso que acontece com a IKEA, a marca que ganha a partir de agora um concorrente forte em Portugal.

Com a ideia de que o público português está a ficar saturado do conceito “one size fits all”, onde há cada vez menos originalidade nas suas casas, a nova gigante no setor de mobiliário e decoração chega em força ao nosso País, com a abertura da sua primeira loja.

O espaço da Kinda Home foi inaugurado esta terça-feira, 27 de novembro, no Porto, e fica na Estrada da Circunvalação. Além de um enorme espaço com os produtos expostos de forma cool e bem arranjados, a loja dispões de dois andares com estacionamento gratuito e uma vasta área de restauração.

Na loja, encontra-se de tudo para a casa. Os designers da marca foram buscar inspiração a praticamente todo o mundo e refletem isso nas criações que apresentam, seja nas cores, nos formatos, nas texturas ou nos materiais.

“Foram dois anos de muito estudo antes de chegarmos ao território português. A vinda da Kinda Home para cá gerou um investimento de 20 milhões de euros”, explicou à MAGG Francisco Camacho, diretor de marketing da marca que faz parte do grupo português Nuvi. A empresa começou a dar os primeiros passos em 2013 em Angola, onde se consolidou no mercado, expandiu, e hoje tem quatro lojas.

O motivo de não ter vindo antes para Portugal? A crise económica que atingiu o país nos últimos tempos, e que atrasou o processo, mas não o anulou. Com a flexibilidade de designs e de preço, a marca estima expandir e abrir outras lojas em Portugal nos próximos anos, e Lisboa está na lista.

Os espaços são todos muito coloridos e dinâmicos, com os itens expostos para todos os gostos. Mesmo. Há móveis em vidro, palha, madeira, plástico, e a variedade não diz respeito somente aos estilos, mas também aos valores, que começam dos 0,49€ e podem chegar aos 2000€. Ao todo existem mais de 6 mil itens expostos em loja.

Esta cozinha completa está à venda por €953

Os serviços disponíveis para os clientes também são inúmeros. Pode ter, por exemplo, o Passaporte Kinda Home, que lhe oferece uma série de benefícios em descontos e parcerias. Há também projetos de decoração para todos os ambientes da casa, listas de casamento e personalização de móveis (é possível escrever nomes, iniciais, aplicar desenhos, etc). E, o mais interessante, que pode ajudar na vida de muita gente, é o serviço de Personal Shopper, que custa apenas €30, e os colaboradores acompanham o consumidor durante todo o processo de compra, auxiliando no que for necessário.

Todos os espaços são organizados de forma dinâmica, e servem até como cenários para boas fotos

Esta terça-feira, a marca inaugurou também a sua loja online. A próxima abertura será para o ano em Alfragide, onde a IKEA tem também um espaço.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]