O eterno Draco Malfoy apareceu na televisão e os fãs ficaram em choque

Tom Felton, o ator que interpreta o rival de Harry Potter, apareceu no "Good Morning Britain" e espantou toda a gente com o seu aspeto.

Draco Malfoy. O grande rival de Harry Potter, a cara a que associamos Slytherin, o eterno menino loiro com muito mau feitio. O último filme da saga criada por J.K. Rowling foi lançado em 2011 mas, sete anos depois, parece que Tom Felton, o ator britânico que interpretou este papel, não tem tido falta de trabalho. À exceção de 2015, todos os anos participou em filmes ou em séries. Mas alguém se lembra de o ter visto nos últimos anos?

Tom Felton apareceu e está diferente. O ator marcou presença no programa “Good Morning Britain” e quem o viu não ficou indiferente às mudanças face aos tempos em que interpretava aquele miúdo irritante e malvado de Hogwarts.

De óculos, cabelo comprido, mais escuro, rebelde e um pouco despenteado (é importante lembrar que na saga Harry Potter tinha um aspeto sempre muito engomado e composto), os espectadores não conseguiram ficar em silêncio. Pelas redes sociais leram-se comentários como: “Por favor! Alguém faça alguma coisa com o cabelo do Tom Felton” ou “Podias ter lavado o cabelo @TomFelton.”

Não é só o cabelo que chama a atenção. É o aspeto geral: “Parece que o Tom Felton está atrasado para a primeira aula de sociologia, depois da semana do caloiro”, disse outro utilizador.

Também houve quem gostasse. “Tom Felton está bem em forma, não está?”. E ainda quem se indignasse com as reações. “Vocês também estão diferentes desde há sete anos, duh. Se tiverem o cabelo descolorado durante dez anos também podem fazer com que pareça diferente. Esqueçam isso.”

Piers Morgan, um dos apresentadores do programa da manhã britânico, transmitido no canal IVT, admitiu nunca ter visto os filmes da saga Harry Potter. Já o filho é um grande fã, tanto que apareceu no estúdio para conhecer o ator e mostrar-lhe a sua tatuagem, uma homenagem aos dois filmes dos talismãs da morte, referentes ao oitavo e último livro de J.K Rowling.

Depois de admitir que todos os dias é abordado por fãs da história, Tom Felton assume que ter um papel na saga foi uma oportunidade que mudou a vida dele.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. anabernardino@magg.pt