Kendall Jenner e a revista norte-americana “Vogue” estão a ser fortemente criticadas nas redes sociais — tudo por causa de uma das imagens de um editorial da edição de novembro, em que a modelo aparece com um penteado polémico.

E porquê polémico? Porque, segundo os seguidores, este penteado parece-se com um cabelo afro — e se a ideia era essa, dizem, então a revista devia ter contratado uma modelo negra e não Kendall Jenner. Levantou-se também a questão do porquê de não fotografarem mais vezes mulheres negras.

Botins pretos. O calçado que todas as mulheres deviam ter

A controvérsia também se deveu ao facto de, numa das imagens do editorial, Kendall Jenner aparecer ao lado de outra modelo, negra, e esta ter o cabelo liso.

Os comentários de reprovação à escolha da modelo foram tantos que a “Vogue” sentiu necessidade de explicar o penteado usado e emitir um pedido de desculpas. À E News, a revista disse: “É suposto esta imagem ser uma evolução do romântico cabelo Edwardian/Gibson Girl, que combina com a Brock Collection, e com os cabelos grandes e volumosos dos anos 60 e 70. Pedimos desculpa se teve outra interpretação do que a pretendida, não era o nosso objetivo ofender alguém.”

Os penteados típicos "Gibson Girl"

“Gibson Girl” é um conceito de penteado inspirado nas ilustrações de Charles Dana Gibson, onde apareciam sempre mulheres com cabelos muito volumosos. Foram essas ilustrações que inspiraram a “Vogue” para o editorial em questão.

Nos comentários deixados nas contas de Instagram de Kendall Jenner e “Vogue”, as opiniões são maioritariamente negativas. Mas começam já a aparecer várias outras de apoio, nomeadamente de mulheres negras que não veem o cabelo da modelo na fotografia como afro.