Ilustradora portuguesa pintou o que se passa nos bastidores de um desfile de moda

No último dia de Portugal Fashion, um aglomerado de pessoas acumulou-se à volta da ilustradora de 29 anos.

Filipa Matos a produzir as dezenas de pedidos de desenhos em um único dia

Carla Oliveira

No decorrer do fim de semana de 19, 20 e 21 de outubro, a equipa da MAGG teve a oportunidade de acompanhar nos bastidores toda a preparação de cabelos e maquilhagem dos vários desfiles do Portugal Fashion. Foi lá que encontrámos Filipa Matos, 29 anos, ilustradora, que estava a fazer um trabalho artístico diferente do dos cabeleireiros. Em vez de uma tesoura, uma lata de laca ou um secador, segurava uma caneta e um bloco, onde ia desenhando. Aproximámo-nos e percebemos que estava a registar tudo o que se estava a passar em ilustrações.

À sua volta havia manequins, hairstylists, maquilhadores e ela tentava captar tudo o que se passava à sua volta em pequenos desenhos muito semelhantes a uma foto polaroid. O desafio a Filipa partiu da Redken, marca patrocinadora do Portugal Fashion e muito ligada ao universo do street style e da arte urbana. O sucesso foi tal que Filipa não conseguia responder a todas as solicitações de gente que lhe ia pedindo os desenhos que ia fazendo. O facto de ser também ela designer de moda ajudou a que conseguisse captar os melhores momentos em que nos bastidores outros artistas iam criando, os cabeleireiros, maquilhadores, hairstylists, costureiros.

Designer de Moda e Ilustradora, de 29 anos.

Carla Oliveira

Em seis horas de trabalho, foram mais de 30 desenhos distribuídos por várias pessoas que andavam pelos bastidores. A ideia era a de, depois, Filipa poder sair do backstage e começar a desenhar também para o público em geral, mas uma vez mais as solicitações foram tantas que a ilustradora não conseguiu parar um segundo. “Gerou-se uma certa confusão em alguns momentos. Eu ouvia de todos os lados pessoas a dizer que queriam um. Não parei mesmo”, contou Filipa à MAGG.

Os desenhos demoravam cerca de 10 a 15 minutos até ficarem prontos, sendo que os com contorno eram mais rápidos, e os preenchidos por caneta preta levavam um pouco mais tempo. Todos levaram um carimbo da Redken na lateral, o que aproximou ainda mais o posicionamento da marca para o mundo não só da beleza, mas para o universo fashion, do design e da arte.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]