Quando em 2016, com apenas 15 anos, se deixou convencer por uma tia a participar no concurso L’Agence Go Top Model, certamente não imaginava o rumo que a sua vida iria tomar.

Hoje Maria Miguel, natural de Braga e quase a completar 18 anos, desfila para os designers e marcas mais conhecidos do mundo, nas semanas de moda de Nova Iorque, Milão, Londres e Paris.

Prada, Chanel, Alberta Ferretti, Carolina Herrera, Isabel Marant, Tom Ford, Ralph Lauren ou Saint Laurent são apenas alguns dos nomes para os quais a modelo portuguesa, com 1,80m, trabalhou no último mês.

Bege. O neutro mais visto na Paris Fashion Week

Foi, aliás, a marca Saint Laurent que ajudou a alavancar a carreira de Maria Miguel, conforme explicou à MAGG: “Ser escolhida para trabalhar exclusivamente para a Saint Laurent causou uma série de mudanças da minha vida. Mudar-me para Paris, ter uma rotina totalmente diferente, longe da família, dos amigos, deixar de ir à escola. Abrir o desfile da marca, em Paris, acabou por me dar uma projeção que, até então, nunca tinha tido.”

Rotinas que possivelmente não serão de fácil adaptação quando se é tão jovem. “A parte mais difícil é sem dúvida estar longe dos que mais gostamos, família, amigos. Tentamos compensar as saudades com fotografias e chats de vídeo. Às vezes custa muito.” Mas nem tudo é mau, “a parte mais fácil é o embalo que todo este glamour nos dá quando as coisas correm bem.”

E, pela quantidade de capas de revista, editoriais e desfiles em que vemos Maria Miguel, podemos dizer que tem corrido bastante bem. “Tenho sido uma privilegiada, sem dúvida”, admite a jovem modelo.

29 fotos