Villas D’Água, a comunhão perfeita entre natureza e gastronomia

Fui a convite do aldeamento Villas D’ Água e do restaurante Vista - Villas D’Água, e conto-vos a minha experiência incrível por lá.

E quando uma das tuas amigas te faz uma proposta irrecusável? Passar duas noites a Olhos D’ Água para conhecer o aldeamento turístico Villas d’Água? Não há como não aceitar, óbvio! E foi dos melhores fins-de-semana que tive de descanso, e especialmente de experiência gastronómica.
O Villas d’Água reúne as melhores condições para quem gosta de fazer férias no nosso País, sem perder muito tempo em deslocações. Achei um sítio muito pouco explorado para o potencial que tem, o que o tornou ainda mais especial. Poucos portugueses, muitos turistas. O contacto com a natureza é, sem dúvida alguma, a maior qualidade deste espaço.

O aldeamento conta com um total de 52 casas, todas com vista para o mar: T1 e T2, duplexes e triplexes, respetivamente. Abriu em 2003 e, em junho do ano passo, o restaurante Vista — Villas D’Água, abraçou este projeto. O chef Gonçalo Bita Bota, que deu vida a este restaurante, confeccionou-nos todos  os pequenos-almoços e jantares com o maior carinho e dedicação. Fiquei totalmente rendida com os jantares. Aliás, arrisco dizer que foi das vezes em que comi melhor na vida! Uma carta pequena com cinco pratos, onde a frescura e o sabor convencem qualquer um à primeira garfada. Soube que este chef também tem um típico British Gastro Pub em Lisboa, chamado The George Pub (o chef esteve muito tempo a estudar e a trabalhar em Londres), e já está na minha lista de sítios para ir nos próximos tempos.

Ginásio, spa, cabeleireiro, mini-mercado são algumas das facilidades a que temos acesso. A parte melhor: quem aqui fica, tem direito a uma praia privativa. Quando lá chegámos, estavam lá duas pessoas… um luxo! E não é uma praia qualquer. É pequena, mas muito bonita, de vegetação forte e muito rochedo. Tem alguns miradouros de onde conseguimos ver um pôr-do-sol incrível. Prometo voltar!

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]