Estar de férias nem sempre tem de significar viajar para fora do País. Portugal tem sido um dos destinos mais escolhidos pelos turistas nos últimos anos — Lisboa ganhou um Óscar do Turismo de Melhor Destino da Europa de 2018 — e basta andar pela ruas da capital ou pelas praias do sul para o comprovar. No entanto, o verão também não tem de significar apenas dias passados na praia, a apanhar sol, estendidos na toalha o dia todo.

A realidade é que o comodismo faz-nos muitas vezes ir parar aos mesmos sítios quando tiramos férias e desperdiçamos o que o País tem para nos dar. Mas tudo isso pode mudar.

Há estradas de norte a sul que são as ideais para explorar Portugal. Se está há anos a pensar fazer aquela road trip com amigos que nunca se concretizou, esta é a oportunidade de finalmente seguir em frente com o plano. Só precisa de um carro, um GPS, uma playlist e escolher os percursos pelas 9 melhores estradas do país que lhe recomendamos.

Estrada Nacional 2 (N2)

Ligação: Chaves — Faro
Percurso: 738,5 km

A N2 é a estrada com a maior extensão do País: liga Portugal de norte a sul — começa em Chaves e acaba em Faro — num total de 738,5 km. Passa por 11 distritos, onde é possível ver 4 serras e 11 rios, o que a enriquece em paisagem natural. É também comparada à famosa estrada Route 66 nos Estados Unidos da América, não pelo comprimento, mas sim por “rasgar” o País ao meio.

Estrada Nacional 112 (N112)

Ligação: Portela do Vento — Castelo Branco
Percurso: 94 km

Durante 94 km, a nacional 112 faz a ligação entre Portela do Vento e Castelo Branco. A estrada é composta por vistas panorâmicas que fazem o percurso valer a pena. Em 2017 sofreu um investimento que reduziu o número de curvas, tornando a via mais larga, mais cómoda e segura.

Estrada Nacional 221 (N221)

Ligação: Barca D’Alva — Freixo de Espada à Cinta
Percurso: 21,8 km

Na estrada nacional 221, que vai de Barca D’Alva a Freixo de Espada à Cinta, há as melhores paisagens do norte do País. Entre Escalhão e Barca D’Alva, para descansar das curvas da viagem, não pode perder a vista do Miradouro Natural do Alto da Sapinha onde é possível observar o Rio Douro.

Estrada Nacional 222 (N222)

Ligação: Peso da Régua — Pinhão
Percurso: 28,2 km

A N222 é um tesouro nacional. Em 2015, foi considerada pela empresa de aluguer de carros, Avis Rent A Car, a Melhor Estrada para Condução do Mundo (World’s Best Driving Road). O prémio foi dado segundo uma fórmula criada pelo cientista Mark Hadley, da Universidade de Warwick no Reino Unido. A estrada é conhecida pela sua vista privilegiada sobre o Rio Douro e os socalcos. É composta por curvas apertadas, o que requer algum cuidado com a velocidade, mas contém também longas retas e os desníveis do troço.

Estrada Nacional 230 (N230)

Ligação: Aveiro — Covilhã
Percurso: 174 km

Não há melhor estrada que a nacional 230 para avistar a beleza da Serra da Estrela. O percurso liga Aveiro à Covilhã, e é das estradas nacionais mais difíceis de conduzir devido às inúmeras curvas. A caminho, tem ainda as famosas Termas de Unhais da Serra na vila cujas águas chegam aos 37ºC.

Estrada Nacional 246-1 (N246-1)

Ligação: Castelo de Vide — Portagem
Percurso: 7,4 km

Considerada a estrada mais bonita do Alentejo, a 246-1 liga Castelo de Vide a Portagem num percurso onde se destaca a tranquilidade da paisagem repleta de freixos cujas cores variam consoante a estação do ano.

Estrada Nacional 247 (N247)

Ligação: Cascais — Peniche
Percurso: 98,5 km

Localizada nos distritos de Lisboa e de Leiria, a estrada nacional 247 liga Cascais a Peniche. Durante o percurso, de um lado é possível avistar o Oceano Atlântico, do outro, as paisagens naturais como o Parque Natural de Sintra-Cascais. No fim do percurso, à medida que chega a Cascais, pode desfrutar ainda da vista sobre a praia do Guincho.

Estrada Nacional 267 (N267)

Ligação: Mértola — Almodôvar
Percurso: 41,6 km

Mais a sul, no distrito de Beja, temos a N267 que faz a ligação entre Mértola e Almodôvar. A estrada é caracterizada principalmente pela sua beleza natural, sendo ainda possível avistar linces ibéricos (um sinal de perigo já se encontra na estrada para apelar ao cuidado dos condutores).

Estrada Nacional 339 (N339)

Ligação: Covilhã — Serra da Estrela
Percurso: 23,2 km

Tanto no verão como no inverno, a vista no coração da Serra da Estrela vale sempre a pena. Apenas tem de percorrer a estrada 339, que liga a Covilhã ao ponto mais alto de Portugal e aproveitar o que a natureza tem para lhe dar.