De 1 a 5 de julho, Paris volta a encher-se para mais uma Couture Week, ou em bom português, a Semana de Alta Costura de Paris. São vários os desfiles que acontecem todos os dias na capital da moda, como Chanel, Dior e Givenchy. Além de tudo o que acontece dentro do recinto fechado, acessível apenas a um grupo (muito) restrito, também a parte de fora se transforma numa passerelle. E há quem diga que é tanto ou mais importante do que os desfiles em si. Falamos do street style dos influencers, que cada vez mais dita tendências.

O leopardo está de volta, mas os fatos completos também — a blogger Camiola Coelho foi inteiramente de rosa e foi um sucesso. Também há um acessório de 2000 que regressou em força e a ganga, bem, a ganga nunca vai passar de moda.

Conheça as 5 tendências de street style da Semana de Alta Costura de Paris.

1. Padrão leopardo

A primeira tendência marcante deste evento é o padrão leopardo. Este padrão, que esteve em voga há umas temporadas, volta agora discretamente. Em look total, como um vestido, saia, camisola ou apenas um apontamento, o leopardo quer voltar a afirmar-se. A modelo Natalia Vodianova deu-nos uma lição de estilo ao combinar este padrão com uma carteira vermelha.

Natalia Vodianova

Jonathan Daniel Pryce/Vogue Uk

2. Fatos completos

Também os fatos completos, que estiveram em altas na última estação, ainda são avistados. Mas com uma diferença: trocaram as cores escuras e padrões aos quadrados por cores vivas e padrões em fundo branco. Foi o que fez a blogger Camila Coelho, que usou um fato inteiramente rosa. Os fatos completos são usados fechados ou abertos, mas também há quem aposte num look mais irreverente, deixando um top de renda à mostra.

Camila Coelho

Instagram

Suit up! O fato completo ganhou uma nova vida e é obrigatório no armário de qualquer mulher

3. Ganga

Quem parece que não sai de moda é mesmo a ganga, que temporada após temporada é vista em todas as influencers. Se as calças e os casacos são os mais populares, agora é a vez dos vestidos e das saias terem os seus cinco minutos de fama. Trocar os vestidos e as saias curtas por um comprimento midi (acima do tornozelo) não só a vai favorecer, como vai garantir o look certo. A editora de moda Giovanna Battaglia Engelbert, usou este truque na perfeição: combinou uma saia de ganga com comprimento midi com um top brilhante.

Giovanna Battaglia Engelbert

Jonathan Daniel Pryce/Vogue Uk

4. Transparências

Também as transparências parecem que vieram para ficar, seja em vestidos, camisolas ou saias. A aposta, em mundo real, será certamente mais comedida, mas ainda assim é uma boa sugestão para dar um twist ao seu look. Olivia Palermo coordena esta técnica brilhantemente, tendo optado por um vestido preto com as mangas transparentes.

Instagram

5. Carteiras pequenas

Passando para acessórios, a carteira mais vista entre desfiles foi sem dúvida a saddle bag, da Dior. Uma mala pequena que se popularizou no início dos anos 2000 e agora está a fazer o seu regresso. Caracteriza-se por ter uma forma invulgar com uma alça pequena.