18 rooftops obrigatórios neste verão em Lisboa e no Porto

Há a época balnear e depois há a época dos rooftops, que está oficialmente aberta. Saiba onde ir beber um copo em Lisboa e no Porto.

Alguns rooftops têm "Happy Hour" com bebidas mais baratas ao final do dia

Jorge Simão

Há negócios sazonais e espaços sazonais, mas também espaços que pelas suas características se tornam sazonais. Como é o caso dos rooftops, aqueles espaços que antigamente se chamavam de terraço — que são sempre ao ar livre, o que faz com que apenas sobrevivam no verão. Exceto aqueles que se previnem do frio e da chuva e criam condições especiais.

É habitualmente logo no início da primavera que os rooftops ganham vida e passam a ser uma paragem obrigatória, mas este ano a primavera não nos deu grande abertura para usufruir dos topos dos prédios da nossa cidade.

São locais ideais para aproveitar o calor, beber uns cocktails e ainda ver a cidade de outra perspetiva. Não sendo substitutos da praia nos dias de calor, são uma solução para quem trabalha e só tem o fim do dia para relaxar.

Em Lisboa, os rooftops concentram-se maioritariamente em zonas em que a vista inclui rio Tejo e zona historica, mas há já alguns espaços em que a vista é diferente. Como é o caso de um rooftop que fica no topo de um hotel nas Avenidas Novas.

No Porto o conceito chegou um pouco mais tarde, mas também rapidamente se fixou. Com vista para a baixa ou para o rio douro, os rooftops portuenses fazem já parte do roteiro de quem lá vive e de quem visita a cidade.

Para começar a aproveitar o bom tempo e a combinar um copo pós trabalho, um jantar ou uma saída à noite, conheça os rooftops novos e os de sempre de Lisboa…

…e do Porto.

Partilhe
Fale connosco
Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado. [email protected]