Foi o programa sensação de 2017, pôs o País a falar das condições sanitárias dos restaurantes, e rebentou com as audiências. Mais: eternizou frases polémicas de Ljubomir Stanisic como “de boca só sexo oral”. Deixou muita gente com curiosidade em ir ao restaurante Rio Minho ou espreitar O Canela, possivelmente os mais populares no programa.

Pois é, agora está tudo de volta. A TVI vai lançar uma segunda edição de “Pesadelo na Cozinha”, e as inscrições já abriram. Os interessados podem enviar um email para pesadelonacozinha@tvi.pt. Mais uma vez, Ljubomir Stanisic vai ajudar restaurantes à beira da falência a recomporem-se.

Pelo menos se eles aceitarem a sua ajuda. Nos primeiros 13 episódios de “Pesadelo na Cozinha”, houve espaços que fecharam (foi o caso do Hot Spot, em Peniche); quem decidisse vender (sem mais suspense, aconteceu com o Dona Porto), fosse fechado pela ASAE (O Canela, toda a gente sabe esta) e empregados que se despediram em massa (aconteceu no Tomate, em Espinho).

Os primeiros 13 episódios de “Pesadelo na Cozinha” registaram uma audiência média de 1,5 milhões de espectadores. O último programa chegou aos 1,9 milhões.