Ciência

por Rita Espassandim

Traumas na infância aumentam risco de depressão 

A investigação concluiu que maus tratos na infância causam cicatrizes físicas no cérebro.
por Rita Espassandim

Teóricos de viagem para provar que a terra é plana

Teóricos vão de barco até à Antártida para encontrar uma barreira de gelo, que acreditam que marca o limite do nosso mundo.
por Inês Ribeiro

Uso diário de canábis aumenta o risco de psicose

Quem usa a droga mais do que uma vez por semana tem 40% mais de probabilidade de ter um transtorno psicótico, conclui a investigação.
por Inês Ribeiro

Estudo. Benefícios do exercício aos 40 ou 50 anos

Investigação revela que os benefícios são idênticos para ambas as faixas etárias. No entanto, o seu "efeito protetor" não dura para sempre.
por Inês Ribeiro

6 anos depois, os pais não dormem o suficiente

Pais e mães perdem tempo de sono após o nascimento de uma criança, sendo que as mães são as mais afetadas.
por Ana Luísa Bernardino

Estudo diz que os ovos são maus para o coração

Afinal não podemos comer todos os ovos do mundo. Dizem que, afinal, o coração e as artérias não levam a bem o consumo excessivo.
por Rita Espassandim

Estaremos a alucinar o tempo todo?

Na maioria das vezes, a alucinação é geral. No caso do vestido branco e dourado Vs. preto e azul, por exemplo, nem por isso.
por Marta Gonçalves Miranda

Injeção pode acabar com alergia aos amendoins

É um avanço significativo da ciência. Com uma simples injeção mensal, a alergia pode passar a ficar controlada para a vida.
por Inês Ribeiro

Gatos podem refletir personalidade dos donos

Estudo conclui que, da mesma forma que a personalidade dos pais influencia os filhos, o mesmo acontece com os animais de estimação.
por Marta Gonçalves Miranda

Porque é que há pessoas que odeiam abraços? 

A educação é importante, mas a oxitocina também. E não nos podemos esquecer da ansiedade social ou da componente cultural.
por Marta Gonçalves Miranda

Homens e mulheres não têm cérebros diferentes

Acreditamos nisto desde o século XVIII, mas será que ainda faz sentido no século XXI? Para Gina Rippon, são "neuro-tontices".
por Inês Ribeiro

Cientista afirma que os sonhos prevêem o futuro

Tal é possível graças à precognição. Julia Mossbridge entende que a devemos praticar como o ioga ou a meditação.
por Rita Espassandim

Esperança para o cancro da mama triplo negativo

Estudo feito em 108 mulheres mostra resultados positivos para este tipo de cancro. Medicamento atua só nas células cancerígenas.
por Inês Ribeiro

"O pequeno-almoço não é essencial"

Um estudo revela que a refeição mais importante do dia pode não ser assim tão importante. Hugo Amaro explica porquê.
por Rita Espassandim

Cientista de Harvard defende existência de aliens

Avi Loeb acredita que os ET's estiveram mesmo à nossa porta. De Einstein a Hawking, mostramos-lhe outros cientistas que defenderam o mesmo.
por Inês Ribeiro

Cientistas dizem ter a cura para o cancro

O tratamento chama-se MuTaTo, será de curta duração e adaptado a cada paciente. Além disso, vai ser mais barato.
por Marta Gonçalves Miranda

E se a ciência inventasse tomates picantes?

Investigadores brasileiros e irlandeses estão a estudar a possibilidade de modificar geneticamente o tomate e torná-lo picante.
por Ana Luísa Bernardino

Como é que o nosso cérebro toma decisões?

Há diferentes circuitos que influenciam as tomadas de decisão. Antes de fazer promessas a 2019, pense no caminho que estas ideias percorrem.
por Catarina Ferreira Gonçalves

VR usada para detetar Alzheimer antecipadamente

Os cientistas integrados no projeto vão realizar testes de orientação utilizando ambientes criados nos dispositivos de realidade virtual.
por Fábio Martins

As quatro portuguesas que brilham na Ciência

Têm histórias iguais às de tantas outras, mas partilham uma característica: a curiosidade. Conheça Carina, Dulce, Inês e Margarida.
por Marta Gonçalves Miranda

A oxitocina é a hormona do amor e da sociabilidade

Ajuda no parto e na amamentação, mas também pode aliviar a dor física, ajudar-nos a controlar o peso e a combater o stress e a depressão.