A comediante Amy Schumer, de 38 anos, viu-se forçada a cancelar vários espetáculos em novembro de 2018, altura em que estava grávida, em consequência de uma patologia denominada de hiperémese gravídica, que, de acordo com o que o ginecologista e obstetra Fernando Cirurgião explicou à MAGG na altura, trata-se de uma “acontece normalmente no primeiro trimestre de gravidez, sendo que pode eventualmente estender-se até às 14, 15 semanas”, e caracteriza-se por náuseas intensas e vómitos, podendo até levar ao internamento.

Hiperémese gravídica: a doença que afetou Amy Schumer e Kate Middleton

Depois de ultrapassado esse episódio, a comediante foi mãe de Gene Attell Fischer, em maio de 2019, e este ano está a tentar engravidar novamente para dar um irmão a Gene. Para isso recorreu à fertilização in vitro, mas através de uma publicação no Instagram esta quinta-feira, 9 de janeiro, mostrou que está a passar por uma fase difícil.

Esta foi a fotografia que Amy Schumer usou para partilhar o que sentia com os seguidores

Amy Schumer/Instagram

“Estou com uma semana de fertilização in vitro e a sentir-me muito deprimida e emocional. Se alguém passou por isso e se tem algum conselho ou não se importa de partilhar sua experiência comigo, faça isso”, disse Amy Schumer.

Juntamente com a descrição, a comediante partilhou uma fotografia onde mostra a cicatriz da cesariana e alguns hematomas. Este é o resultado da primeira fase do tratamento a que se submete para que, juntamente com o marido Chris Fischer, possam ter outro filho. Para já, e tal como explica na publicação, Amy congelou os óvulos, para descobrirem qual o passo seguinte.

Contudo, a celebridade conhecida pelo filme “Descarrilada” não está a lidar bem com o processo e é por isso mesmo que deixa o número de telefone na biografia da conta de Instagram de forma a que outras pessoas que tenham passado pelo mesmo possam dar o seu testemunho.

Mas o apoio começou logo pela caixa de comentários onde várias celebridades que conhecem a comediante deixaram algumas mensagens. É o caso da editora da revista “You“, JoElvin, que diz “és a maior por partilhar isto. Vais conseguir”, ou da fotógrafa Mary McCartney que escreve: “Mandando muito amor.”

A cantora Selena Gomez, a atriz Louisa Connolly-Burnham, e a modelo e maquilhadora Tess Holliday, também deixaram o seu apoio elogiando a coragem e a mulher poderosa que Amy Schumer é.

Também alguns fãs deixaram a sua mensagem. Um dos seguidores reconheceu o quão exigente a fertilização in vitro pode ser fisicamente, mentalmente e emocionalmente e que muitas pessoas não compreendem, “a não ser que tenham passado por isso”.

Sete horas depois da publicação, Amy Schumer partilhou a mesma fotografia nos Insta Stories, mas desta vez mostrando-se mais positiva depois de todo o apoio que recebeu: “Obrigada pelo incentivo, pessoas doces! Não estamos sozinhos”, escreveu na imagem.

O Insta Storie partilhado horas depois

Amy Schumer/Instagram