Ninguém sabe quem é, mas nem por isso as suas mostras de arte passam despercebidas na rua e nas redes sociais. Falamos de Banksy, o artista urbano mais conhecido por trabalhos como a menina a largar um balão com a forma de um coração, a criança a chorar porque não tem likes ou o homem a arremessar flores.

Depois de ter colocado Lisboa e outras cidades no mundo numa lista negra, por organizarem exposições não autorizadas com réplicas da sua obra, o artista volta a ser notícia. É que esta terça-feira, 10 de dezembro, surgiu nas ruas de Birmingham, no Reino Unido, um novo trabalho do artista em forma de mural.

Banksy volta a surpreender em Veneza com uma peça irónica sobre o turismo

A julgar pela imagem, o artista terá utilizado stencil para pintar num muro duas renas que parecem puxar alguém. Só que ao invés da figura icónica do Pai Natal, a fotografia que entretanto já se tornou viral nas redes sociais mostra um banco onde se encontra deitado um sem-abrigo.

Segundo o artista, que publicou um vídeo na sua página oficial de Instagram, o sem-abrigo chama-se Ryan que, durante a gravação do vídeo, terá sido acarinhado pelas pessoas que passavam pelo mural e se deparavam com a imagem completa.

“Deus abençoe Birmingham. Nos 20 minutos que demorámos a filmar o Ryan neste banco, as pessoas que passavam deram-lhe uma bebida quente, dois chocolates e um isqueiro. Tudo isto sem ele alguma vez ter pedido”, lê-se na descrição da publicação partilhada por Banksy.

A figura de Ryan terá chamado à atenção dos cidadãos por se assemelhar ao Pai Natal, naquela que parece ser mais uma obra do artista urbano com uma crítica social muito forte.

No entanto, esta parece ser também uma mostra de arte em constante evolução. É que segundo escreve a imprensa internacional, como o jornal britânico “The Sun”, ainda esta terça-feira as renas tiveram os seus narizes pintados de vermelho para assinalar a época festiva.

Apesar de ser um dos artistas urbanos mais conceituados do meio, a identidade de Banksy ainda é um mistério. E a tendência é para que continue assim.