Com novos objetivos e uma diferente forma de estar na relação, os concorrentes Liliana e Pedro decidiram regressar ao programa “Casados à Primeira Vista” na cerimónia de compromisso este domingo, 1 de dezembro. 

O casal volta e pede ajuda aos especialistas para fazer com que a relação dê certo nesta que é a segunda vez em que estão perante as câmaras da SIC. Mas há uma razão por detrás desta decisão: o afastamento.  

Na cerimónia, Liliana conta que se arrependeu de ter escrito “terminar” — apesar de depois ter mudado de opinião quando os especialistas pediram ao casal para reconsiderar. Contudo ficou sem efeito porque Pedro não quis continuar no programa.

Este domingo, Pedro Pé Curto mostrou que já não quer desistir do casamento com Liliana e fala sobre os problemas que levaram ao fim da relação: “Eu e a Liliana temos que dar as mãos e ultrapassá-los”, afirma.

Liliana de “Casados”: “Eu expus-me, claro, e agora tenho de levar com o que aí vem”

Para as câmaras, o concorrente diz que a separação acabou por fazer bem ao casal, permitindo que ambos refletissem: “Este afastamento fez-nos perceber que todos os casais precisam destes momentos de introspeção, e também de ser mais tolerantes um com o outro”, admite Liliana.

A concorrente adianta ainda que “as pessoas desistem com muita facilidade à primeira dificuldade. Assumir que errámos é uma grande passo e mostra muito do nosso caráter”.

Agora, Pedro e Liliana não só comunicam todos os dias, como sabem qual a melhor forma de lidar com a relação. “A ideia agora é que as coisas têm que ir devagarinho e bem. Temos que comunicar e o que vier daí será”, conclui Pedro, que no início da relação quis ir muito depressa.