Em tempos, a vida de Rory McCann, mais conhecido por The Hound (ou Sandor Clegane) em “A Guerra dos Tronos”, foi semelhante à da personagem que interpretou na série. Não é que ele tivesse andado de cavalo e de armadura a combater o inimigo, mas já passou um mau bocado.

A propósito do encontro Game of Thrones Reunion Special (incluindo na box completa da série, disponível a partir desta segunda-feira, 2 de dezembro, em DVD e Blu-ray), o ator revelou a Conan O’Brian que, antes de ser contratado para a saga da HBO, andava a dormir numa tenta na Islândia, tendo, inclusivamente, roubado para comer.

“Estava numa tenda — literalmente numa tenda  — e a roubar comida, ocasionalmente”, revelou. “Eventualmente, arranjei um trabalho e consegui resolver-me, mas, de repente, dei por mim a ser transportado num carro bonito e a participar na melhor série do mundo — isto mostra como a nossa sorte pode mudar. Incrível.”

McCann, que é natural da Escócia, deu por si na Islândia a propósito da rodagem de um filme. “Fiz um filme de ‘Vikings’ [‘Beowulf & Grendel – A Lenda dos Vikings’] com o Gerard Butler e depois de gravar decidi: ‘Vou ficar por cá’, e fiquei durante 11 meses”, contou, acrescentando que, pela altura, não tinha propostas de trabalho na área.

Das batatas ao bebé que não cresce. 12 erros em “A Guerra dos Tronos”

“Não havia trabalho como ator na altura. Eu disse ao meu agente para telefonar caso algo surgisse, mas não surgiu, portanto fui ficando.”

Rory McCann foi apoiado pela população: “O inverno estava a chegar e alguns locais disseram-me que eu era o único homem da ilha inteira a viver numa tenda, portanto ajudaram-me a conseguir uma casa onde ficar e consegui um trabalho como carpinteiro.”

O The Hound voltou, entretanto, à Islândia: “Consegui voltar e paguei as minhas multas da biblioteca.”