Este domingo, 17 de novembro, foi especialmente agitado para os fãs de “The Crown”. A terceira temporada estreou-se na Netflix e trouxe consigo dez episódios recheados de história, polémicas e um guarda-roupa muito semelhante ao usado pelos próprios membros da família real britânica.

O esforço para que as roupas fossem réplicas idênticas daquelas usadas entre 1964 e 1976 fez com que o guarda-roupa da terceira e quarta temporada custasse mais de 115 milhões de euros. Este valor fez com que fosse considerado o mais caro da história da televisão.

Ainda assim, parece ter sido recompensado. Na temporada que acaba de estrear os coordenados são praticamente iguais aos usados pela realeza naquela época, o que traz uma veracidade grande à história. Em 1969, a rainha Isabel II apresenta-se com um casaco em tom branco pérola e um acessório moderno na cabeça, para a cerimónia de investidura do filho. Em “The Crown” o outfit é igual e nem sequer falha o toucado na cabeça.

Isabel II critica “The Crown”

Mas como este episódio existem outros. E, para perceber o quão realista a série pode ser, a MAGG faz um frente a frente entre as personagens de “The Crown” e os membros da família real inglesa.

Descubra as diferenças e semelhanças na fotogaleria.

17 fotos