O príncipe André, Duque de York e filho de Isabel II, falou pela primeira vez sobre o alegado envolvimento numa rede de abuso sexual, numa entrevista ao programa “BBC Newsnight“, publicada este sábado, 16 de novembro.

O Duque de York era amigo do bilionário Jeffrey Epstein, que foi condenado pelo envolvimento numa rede de abuso sexual em que forçava menores de idade a prostituirem-se. Foi encontrado enforcado na cela da prisão em que estava detido em Nova Iorque.

A relação entre Jeffrey Epstein e o príncipe André, bem como o facto de o filho da rainha Isabel II ter ficado a dormir em casa do bilionário em 2010, dois anos depois de o mesmo ter sido condenado, acabou por colocar em causa a sua reputação.

Foi por isso que na entrevista ao canal BBC, o Duque de York disse à jornalista Emily Maitlis que se martirizou por isso diariamente, porque não foi algo digno de um membro da família real: “Nós tentamos manter os mais altos padrões e práticas, e eu desiludi esse lado. É tão simples quanto isso.”

Na mesma entrevista, o príncipe admitiu que ficou hospedado várias vezes em residências do amigo bilionário, mas que nunca suspeitou que Epstein estivesse ligado a uma rede de tráfico sexual de menores. Desmentiu ainda ter dormido com Virginia Roberts Giuffre, uma das mulheres que acusa Epstein de a ter forçado a ter relações sexuais com o príncipe quando era menor de idade.

Apesar de na entrevista à BBC o Duque de York ter dito que não é de abraçar as mulheres ou ir a festas, esta segunda-feira, 18 de novembro, foram divulgadas várias imagens pelo “Daily Mail“, onde o príncipe André aparece ao lado de jovens mulheres numa festa em julho de 2007, em Saint-Tropez, indo de encontro a várias das afirmações que fez na entrevista.

Príncipe André fala sobre a polémica de Jeffrey Epstein e admite ter desiludido a coroa britânica

Nestas fotografias o Duque de York aparece despenteado, suado, e agarrado a várias mulheres na pista de dança. Uma delas é a americana Chris Von Aspen, que na altura namorava com o Príncipe Alberto do Mónaco, e que o Duque de York segura pela cintura numa das fotografias. Noutra aparece a agarrar-lhe o pescoço.

Há ainda imagens de uma outra festa, também em Saint-Tropez, onde o Duque de York aparece de camisa azul ao lado da modelo Pascale Bourbeau, onde mostra alguma intimidade.

5 fotos

De acordo com o jornal “Daily Mail”, uma fonte que também frequentava as festas de Saint-Tropez revelou que “foram anos realmente loucos para André”, e acrescentou ainda que: “Ele estava a ter uma crise de meia idade. Ele tinha 47 ou 48 anos na altura, tinha-se divorciado de Sarah Ferguson e deliciava-se com a atenção que recebia de mulheres jovens”, revela a fonte.